Santos se recupera de goleada e reencontra o Goiás com ‘outra postura’

Esmeraldino goleou o Peixe por 4 a 1 e foi divisor de águas para o Santos, que um turno após 'tragédia', fez mudanças e hoje depende de vitória para ficar no G4 do Brasileiro

Divulgação

– Eu espero uma mudança de postura e espero rápido!. Com esta frase o técnico Dorival Júnior abriu sua entrevista coletiva de apresentação quando chegou ao comando do Santos no dia 10 de julho, dois dias após o Peixe sofrer sua maior goleada na temporada: um 4 a 1 para o Goiás, fora de casa.

Neste domingo, às 17 horas, na Vila Belmiro, pela 31ª rodada do Brasileirão, o Santos volta a encarar o Esmeraldino, mas numa situação muito diferente e mais cômoda.

Foi depois de sofrer a maior derrota do ano que o Santos sacudiu a poeira e usou as cicatrizes para reagir, ou melhor, mudar de postura. Com esta mudança, o time pulou da 17ª colocação para a 4ª.


Daniel Guedes tem tido chances como titular (Foto: Ivan Storti / LANCE!PRESS)

Neste domingo, o Alvinegro dependerá de si mesmo para se manter na quarta colocação do G4. Coincidentemente deverão estar em campo hoje jogadores que perderam espaço justamente com a fatídica derrota no Serra Dourada.

No setor defensivo, Sem Victor Ferraz, Gustavo Henrique (ambos lesionados) e David Braz, suspenso, devem entrar em ação Werley e Daniel Guedes, os primeiros a serem sacados por Dorival Júnior.

Por outro lado, um dos “vilões” daquela goleada por ter cometido erros em lance de gol, o volante Thiago Maia não perdeu posição, pelo contrário, ganhou espaço.
Diante de todas as mudanças, inclusive nos ânimos, foi possível mexer no time sem que os reservas perdessem a motivação, já que 28 dos 35 atletas já tiveram pelo menos uma oportunidade no time.


Werley voltou para o o banco de reservas (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

E com todas as dificuldades para escalar o time que vai entrar em campo na tarde de hoje, é possível temer o Santos na Vila Belmiro. Com Dorival, foram 12 vitórias em 12 jogos em casa. 100% de aproveitamento. Um turno depois, é melhor o Goiás timar cuidado…

O QUE MUDOU DESDE ENTÃO

Técnico


Foto: Ricardo Saibun / Santos FC

Dorival Júnior assumiu o time dois dias depois e Marcelo Fernandes voltou a ser auxiliar.

Time

 
Foto: Divulgação 

Novo treinador sacou Daniel Guedes, Lucas Otávio e Werley. Colocou Zeca, manteve Thiago Maia ao lado de Renato e colocou Gustavo Henrique na zaga.

Postura


Foto: Ivan Storti / LANCE!PRESS

Time fez da Vila Belmiro seu caldeirão, aplicou goleadas em times que brigavam na parte de cima da tabela e chegou à semifinal da Copa do Brasil. Fora de casa, chegou a vencer uma partida.

OS PERSONAGENS DO 4 A 1

Thiago Maia


Foto: Ricardo Saibun / Santos FC

Jovem volante participou negativamente do segundo e do terceiro gol do Goiás. Os quatro tentos aconteceram em 16 minutos no segundo tempo.

Daniel Guedes


Foto: Ivan Storti / LANCE!PRESS

Lateral-direito vinha sendo criticado por parte da torcida, mas se mateve firme. No entanto, entregou a bola de graça para Carlos Eduardo marcar o quarto do Goiás.

Marcelo Fernandes


Foto: Carlos Costa / LANCE!PRESS

Então treinador do time, ele já acumulava a quarta derrota no seguida no comando da equipe e se despediu do cargo na partida do Serra Dourada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...