Conteúdo por Gazeta Esportiva

São Paulo e Santos ensaiaram troca e tiveram alvos em comum em 2019; relembre

Victor Ferraz foi alvo do São Paulo em mais de uma oportunidade (Foto: Ivan Storti)

Adversários neste sábado, às 17h (de Brasília), no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Santos estiveram juntos em várias manchetes do mercado da bola nesta temporada.

Tricolor e Peixe tiveram interesse em jogadores do elenco rival, ensaiaram troca e miraram alvos em comum. Os presidentes Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e José Carlos Peres dizem ter boa relação.

Em dezembro, São Paulo e Santos conversaram por uma troca entre Hudson e/ou Walce por Victor Ferraz. A negociação foi cancelada depois da chegada do técnico Jorge Sampaoli. O Tricolor ainda tentou o lateral-direito em outras oportunidades.

No início do ano, com a tentativa do Peixe de contratar Campaña, do Independiente (ARG), o São Paulo procurou Vanderlei. O Alvinegro segurou o camisa 1, não trouxe o uruguaio e agora tem Everson como titular.

Em março, o Tricolor contratou Alexandre Pato, alvo do Santos (e também do Palmeiras). Após dois meses, Raniel virou reforço. O atacante ex-Cruzeiro negociou com o Peixe em fevereiro.

Vitor Bueno, vinculado ao Santos, foi repassado ao São Paulo em abril, por R$ 3 milhões, depois de não se firmar no Dínamo de Kiev (UCR). O acordo vale até dezembro de 2020. Dias antes, o Tricolor tentou atravessar – sem sucesso -, a negociação do Peixe por Jobson, do Red Bull Brasil.

Atualmente, clube da Baixada Santista tenta o meia Lucas Fernandes, indicado por Sampaoli. O rival faz jogo duro e a negociação está paralisada. Por fim, o São Paulo monitora Gustavo Henrique, zagueiro com contrato perto do fim. 

Futebol