Sassá marca três vezes, Botafogo atropela e fica mais perto da Série A

Divulgação

Sassá fez um “hat-trick”, ou seja, três gols. O Botafogo fez uma partida praticamente perfeita sob o aspecto tático, soube aproveitar as oportunidades que criou e não teve trabalho para vencer o Náutico por 4 a 1, na Arena Pernambuco, manteve a liderança do Brasileiro da Série B, e só uma tragédia de proporções improváveis impedirá o regresso do clube carioca à elite em 2016, e mais, a conquista do título.

Disposto a apagar o vexame da derrota caseira de 1 a 0 para o Ceará, o Botafogo adotou a cautela, mantendo o time recuado, marcando forte no meio, apostando nas saídas de velocidade. Assim, o Náutico teve a posse da bola, mas não foi efetivo, esbarrando na defesa adversária, e de tal forma que não conseguiu criar nenhuma chance de verdade. O Botafogo também ameaçava. Aos 36, no entanto, numa das raras vezes que chegou à área do Timbu, Sassá dividiu com o goleiro, após receber lançamento de Camacho, e ainda conseguiu encontrar Navarro, que rolou para o companheiro de ataque completar: 1 a 0. O Náutico foi para o intervalo sob vaias da torcida.

Nenhum dos treinadores promoveu mudança para a etapa derradeira. E antes que o time da casa esboçasse reação, Luiz Ricardo fez boa jogada pela direita, e cruzou com fita métrica, como se dizia antigamente, para o xará cabecear livre para ampliar: 2 a 0. Sim, Sassá também se chama Luiz Ricardo. O Botafogo manteve a estratégia de jogo. E a equipe pernambucana começou a sofrer efetivamente com a pressão da galera. No entanto, já sem outra opção, partiu desordenado para cima. Inútil, pois errava tudo.

Sem se alterar, o Alvinegro trocou Camacho por Diego Jardel, que na primeira intervenção driblou João Ananias para bater cruzado: 3 a 0. Aos 34, lá estava ele, Sassá, para escorar o passe de William Aarão: 4 a 0. O Botafogo relaxou e Daniel Morais, impedido, diminuiu o placar. “É campeão!, festejou a torcida do preto e branco.

NÁUTICO 1 X 4 BOTAFOGO

Local: Arena Pernambuco (PE) 
Data: 24 de outubro de 2015 (Sábado) 
Horário: 17h30 (de Brasília) 
Árbitro:  Celio Amorim (SC) 
Auxiliares: Eder Alxandre (SC) e Thiaggo Americano (SC) 
Público: 14.561 pagantes
Cartões amarelos: Daniel Carvalho( Botafogo), Gaston, Dakson, Fillipi Soutto (Náutico) 
Gols: Sassá, aos 37’/2°T (0-1), Sassá, aos 1’/2°T (0-2), Diego Jardel aos 24’/2°T (0-3), Sassá, aos 34’/2°T (0-4), Daniel Morais, aos 39’/2ºT (1-4)

NÁUTICO

Júlio César, Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston; João Ananias ,Willian Magrão (Douglas, aos 9’/2°T), Fillipe Soutto e Guilherme Biteco (Dakson, aos 30’/2°T); Hiltinho (Jefferson Nem, aos 19’/2°T)e Daniel Morais.Técnico: Gilmar dal Pozzo 
BOTAFOGO Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Carleto(Diego Giaretta 27’/2º T); Rodrigo Lindoso, William Arão, Camacho (Diego Jardel 19’/2º T) e Daniel Carvalho; Sassá e Navarro (Vinícius 36’/2º T)  Técnico: Ricardo Gomes

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...