Conteúdo por Gazeta Esportiva

Scaloni elogia atuação e pede unidade aos argentinos na Copa América

A vitória por 2 a 0 sobre o Catar, neste domingo, garantiu a classificação da Argentina para as quartas de final da Copa América. Com isso, o treinador Lionel Scaloni pediu unidade aos argentinos para avançarem ainda mais na competição.

“Há momentos em que vamos jogar uma partida de futebol como se fosse uma guerra. É complicado jogar assim, e enquanto jogamos a Copa América, deveríamos remar todos para o mesmo lado. Depois faremos um balanço do que faltou. Sou o comandante deste barco e tenho que dar uma mensagem otimista, não por mim, mas pelos atletas, que, quando tiram a pressão de si, mostram outro futebol”, disse em coletiva após a partida.

Sobre a partida deste domingo, Scaloni elogiou o comprometimento de seus atletas e mostrou-se feliz com o desempenho de sua equipe.

“Eu diria que quando todo mundo se compromete, eu diria que podemos variar a maneira de jogar. O meio-campo se entregou, a defesa  buscava a bola dos adversários sem medo, e os atacantes pressionaram muito bem. Quando você temos compromisso, podemos fazer coisas diferentes. Estou contente, foi um bom avanço”, elogiou.

O próximo passo de Scaloni e sua equipe será contra a Venezuela, na próxima sexta-feira, às 16h, no Estádio do Maracanã. Os argentinos classificaram-se em segundo lugar do Grupo B, com quatro pontos, enquanto os venezuelanos foram os segundos do Grupo A, com cinco.

Copa América