Segunda geração do BMW X1 será produzida em Araquari

A BMW vai importar da Alemanha o novo X1 antes da produção em SC
A BMW vai importar da Alemanha o novo X1 antes da produção em SC

Frankfurt – A segunda geração do utilitário esportivo X1, que foi apresentada oficialmente no Salão de Frankfurt, esta semana, será produzida na unidade da BMW em Araquari (SC) no primeiro trimestre de 2016. Antes, porém, no final de setembro, a fábrica da BMW conclui o seu projeto industrial iniciando a fabricação do Mini Country, que passa a ser o quinto modelo feito em Santa Catarina. No mercado brasileiro o BMW X1 é o segundo modelo em volume de vendas, ficando atrás apenas da Série 3.

Para atender a clientes fieis da marca a BMW brasileira vai importar pequenos lotes do novo X1 da Alemanha, ainda em 2016, antes de começar a produção catarinense, segundo informou executivo da montadora em Frankfurt. Oferecido atualmente no Brasil com motorizações diesel e gasolina, a BMW ainda não definiu se equipará a segunda geração nacional com o propulsor 1.5 turbo a gasolina já usado no Mini Cooper. Porém, a opção do motor ActiveFlex foi confirmada.

A partir do novo X1, maior e mais robusto, a BMW reforçou as características do carro como um autêntico SUV médio. Na Europa, as vendas da nova geração começaram em abril com preços entre 29.500 e 61.000 euros (cerca de R$ 130 mil a R$270 mil).

Em relação à tecnologia, o novo X1 conta com sistema inteligente all-wheel-drive BMW xDrive e nova tecnologia de chassis que, combinadas, aumentam a esportividade e o conforto do modelo. Faróis full-LED e controle dinâmico Damper também equipam o modelo, além do Head-Up Display, que projeta no para-brisa informações relacionadas à condução, como nos modelos maiores da linha X. (Luís Meneghim, de Frankfurt)

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...