Sem Messi, Argentina treina no CT do Fluminense e mira duelo contra o Brasil

Atualizado

Pouco menos de 24 horas depois de derrotar a Venezuela por 2 a 0, na sexta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e ir à semifinal da Copa América, a Argentina voltou aos trabalhos neste sábado (29), agora focada na preparação para enfrentar a seleção brasileira no duelo marcado para esta terça-feira, às 21h30, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Lautaro Martínez e Di María no treino da seleção argentina – AFA/Divulgação/ND

Os argentinos treinaram mais uma vez no CT Pedro Antônio, que pertence ao Fluminense, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. A atividade, aberta à imprensa por quase uma hora, foi de exercícios regenerativos na academia para aqueles que estiveram em campo contra os venezuelanos, incluindo o craque Lionel Messi.

Já os que não participaram do triunfo no estádio do Maracanã realizaram um treinamento com bola em campo reduzido. No final, treinaram finalizações a gol. Por conta da vitória que colocou o time argentino no caminho do Brasil na próxima fase da Copa América, o ambiente era descontraído e muito mais leve em relação aos últimos dias.

Muitos dos titulares, como mostram as fotos divulgadas pela Associação de Futebol Argentino (AFA, na sigla em espanhol) em suas redes sociais, ficaram atrás do gol observado os reservas treinarem na atividade sob orientação do técnico Lionel Scaloni, acompanhado de seu filho.

A Argentina ainda fará mais um treinamento no Rio de Janeiro, na manhã deste domingo, a portas fechadas para a imprensa, novamente no CT do Fluminense. No começo da tarde, o elenco viaja para Belo Horizonte, onde treina mais uma vez, na segunda-feira, antes de enfrentar o Brasil.

Copa América