Conteúdo por Gazeta Esportiva

Sem Soteldo, Santos perde muito em poder ofensivo; veja números

Santos perde muito sem Soteldo no ataque (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Em grande fase ao contabilizar quatro gols nos três últimos jogos em que atuou pelo Santos, Soteldo, convocado para servir a seleção venezuelana nesta data Fifa, fez falta no clássico com o São Paulo e a equipe de Jorge Sampaoli ficou no empate por 1 a 1. A ausência do atacante, inclusive, é sentida pelo Peixe nas partidas durante a temporada.

Homem de confiança de Sampaoli, Soteldo participou de 47 partidas pelo Santos no ano, com 27 vitórias, oito empates e 12 derrotas, números que resultam em um aproveitamento de 63,1%. A equipe marcou 80 gols nesses jogos, ou seja, 1,7 de média.

Sem o venezuelano, o desempenho e as estatísticas ofensivas caem vertiginosamente. Em 12 partidas, o time obteve cinco vitórias, seis empates e uma derrota – 58,3% de aproveitamento –, com 11 gols, o que correspondente a uma média de 0,91 por jogo, bem abaixo da contabilizada quando o camisa 10 entra em campo.

Reconhecido pelos dribles e assistências, Soteldo tem sido trabalhado por Sampaoli para se tornar mais decisivo. Adorador do estilo de jogo do baixinho, o treinador do Peixe passou a cobrar mais finalizações do jogador.

“O Soteldo é um grande jogador, está em uma crescente boa nos últimos jogos. Vem fazendo um grande ano, é um jogador agudo, que busca o drible e a linha de fundo. Assim, a bola acaba chegando um pouco mais na gente que está dentro da área. É um jogador que fez falta no último jogo”, disse Sasha.

Contratado no começo da temporada por R$ 13 milhões, tem 11 gols e oito assistências no ano.

Mais Esportes