Semifinal da Copa do Mundo Feminina terá arbitragem brasileira

Se engana quem pensa que o Brasil está fora da semifinal da Copa do Mundo Feminina.

É verdade, a seleção brasileira foi eliminada nas oitavas de final pela França na prorrogação. Mas o que poucos sabem é que no estádio de Lyon, nesta terça-feira (2), três brasileiras entrarão em campo com uma missão tão importante quanto a das seleções que disputam o Mundial.

Edinas Alves quebrou sequência de 14 anos sem arbitragem feminina na Série A do Campeonato Brasileiro – Rodrigo Corsi/FPF/Divulgação

Edina Alves, Neuza Back e Tatiane Sacilotti formam o trio de arbitragem que vai apitar o jogo Inglaterra x Estados Unidos. Essa é mais uma visibilidade que a Copa do Mundo oferece para mostrar a dedicação e o talento das mulheres no futebol.

O trio brasileiro fez sua estreia nesta edição da Copa do Mundo Feminina ainda na primeira fase, na partida entre Nova Zelândia x Holanda. Esta foi a volta de um trio de arbitragem brasileiro em uma Copa do Mundo depois de 16 anos – a última árbitra havia sido Sueli Tortura, no mundial de 2003, realizado nos Estados Unidos.

Leia também:

Outra marca quebrada por Edina este ano, foi na Série A do Campeonato Brasileiro masculino. Depois de 14 anos, uma mulher voltou a apitar uma partida no confronto entre CSA x Goiás, no dia 27 de maio. A última vez havia sido em 2005 com a ex-árbitra Silvia Regina.

Conheça a árbitra central: Edina Alves

Conheça a árbitra assistente: Neuza Back

Conheça a árbitra assistente: Tatiane Sacilotti

Semifinal: Inglaterra x Estados Unidos

As duas seleções se encontraram apenas uma vez em Copas do Mundo. Em 2007, na China, as americanas eliminaram as inglesas nas quartas de final com o placar de 3 x 0.

O encontro mais recente das duas equipes foi em março deste ano na Copa She Believes, realizada nos Estados Unidos. As inglesas empataram com as americanas, mas venceram o torneio preparatório para o Mundial.

Estados Unidos

São a potência do futebol feminino. Participaram de todas as edições do Mundial. Disputaram quatro das sete finais de Copas do Mundo. Perderam apenas um vez, em uma disputa acirrada nos pênaltis para o Japão em 2011. A revanche veio na Copa seguinte, quando conquistaram o tricampeonato.

A campanha das americanas na Copa da França segue impecável. Eliminaram a Espanha nas oitavas de final; e a França, nas quartas de final.

Inglaterra

O melhor resultado alcançado em Copas do Mundo foi o terceiro lugar em 2015. O sonho de conquistar o título inédito foi interrompido na semifinal, quando foi derrotada pelo Japão por 2 a 1.

A caminhada da Inglaterra neste Mundial melhora a cada etapa. Passou com facilidade nas fases eliminatórias. Mandou Camarões mais cedo pra casa nas oitavas de final; e Noruega nas quartas de final.

* Com informações da Agência Brasil

Mais conteúdo sobre

Copa do Mundo Feminina