Sobrevivente de voo da Chapecoense, goleiro passa por cirurgia em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O goleiro Jackson Follmann, 24, vai passar por uma cirurgia nesta terça-feira (13), no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. De acordo com o boletim médico, o jogador passará por uma correção cirúrgica da fratura do processo odontóide (fixação da segunda vértebra cervical).

Follmann voltará ao Brasil para se recuperar após acidente com voo da Chepecoense - Chapecoense/Divulgação
Follmann foi o primeiro sobrevivente da tragédia a voltar para o Brasil – Chapecoense/Divulgação

Follmann está em São Paulo desde a madrugada desta terça. Ele retornou ao Brasil 15 dias após o acidente com o voo da Chapecoense, que resultou na morte de 71 pessoas, incluindo 19 jogadores e 24 membros da delegação da equipe catarinense.

Antes da confirmação da cirurgia, o goleiro foi submetido a uma série de exames de imagens (tomografia de crânio e coluna cervical com protocolo para neuronavegação, tomografia computadorizada de tórax e ressonância magnética da coluna cervical) e diversos exames laboratoriais.

Segundo o hospital, Follmann estava “lúcido e em bom estado geral”.

Follmann teve parte da perna direita amputada dias após ser resgatado do acidente aéreo. Ele ainda passará nos próximos dias por um procedimento na perna.

Nesta terça-feira, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel chegarão a Chapecó. Eles já deixaram a Colômbia e devem desembarcar na cidade catarinense por volta das 21h. Logo após o desembarque, Ruschel e Henzel vão ficar em quartos de isolamento no Setor C do Hospital Unimed Chapecó.

Esporte