STJD denuncia Brasiliense por pancadaria na Copa Verde e clube pode ser punido

Procurador ressaltou a violência com a qual os torcedores invadiram gramado

O Brasiliense foi denunciado pela procuradoria do STJD por causa da invasão de campo e pancadaria protagonizada pelos torcedores do Jacaré na partida contra o Brasília, pela Copa Verde.

O clube foi enuqadrado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e pode ser punido com com a perda de mando de campo por até dez partidas, com portões fechados. A pena poderá ser acrescida de multa de até R$ 100 mil.

– Não se pode admitir que o espetáculo desportivo seja alvo de certos marginais, que vão aos estádios apenas para causar desordem, algazarra, invasão, agressão e lançamento de objeto em campo, sem serem devidamente reprimidos por suas atitudes. Os torcedores da equipe do Brasiliense promoveram verdadeira cenas de guerra no estádio – afirmou na denúncia o procurador Rodrigo Teixeira Oliveira.

A revolta dos torcedores foi motivada pela eliminação do Brasiliense da competição. Após fazer 2 a 0 no jogo de ida, fora de casa, o time perdeu por 3 a 0 na volta e perdeu o lugar na decisão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...