Conteúdo por Gazeta Esportiva

STJD denuncia presidente do Santos por desrespeito à arbitragem

Atualizado

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta quarta-feira que irá julgar o presidente do Santos, José Carlos Peres, por conta de declarações consideradas desrespeitosas contra a arbitragem do Campeonato Brasileiro. A sessão está marcada para a próxima sexta-feira, às 11h (Brasília), na sede do Tribunal no Rio de Janeiro.

A acusação é fruto de uma entrevista do mandatário santista à Rádio Energia 97, no início do mês de outubro, quando afirmou que “Se depender do VAR, o Flamengo é campeão”.

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

“Não falei que o Flamengo é culpado. Queria estar no lugar do Flamengo. É questão dos juízes… VAR veio para ajudar, mas é a mesma coisa de dar uma Porsche para quem não sabe dirigir. Vão falar que errada é a Porsche”, completou Peres na ocasião.

O STJD enquadrou as declarações no Artigo 258 Inciso II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões. A pena prevista é de 15 a 180 dias de suspensão.

A promotoria argumenta que Peres “extrapolou os limites da indignação e desrespeitou a arbitragem. A atitude imprópria do denunciado ao realizar uma reclamação pela via inadequada, causa extremo abalo na estabilidade da competição”.

Dentro de campo, o Santos volta aos gramados nesta quarta-feira, às 21h (Brasília) na Ressacada, para enfrentar o lanterna Avaí pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra se encontra na terceira posição com 58 pontos.

Futebol