Conteúdo por Gazeta Esportiva

Suárez vê “partida perfeita” do Uruguai, mas rechaça favoritismo

Atualizado

O Uruguai passou por cima do Equador em sua estreia na Copa América 2019, no último domingo, no Mineirão. A goleada por 4 a 0 animou o atacante Luis Suárez, que classificou a atuação da Celeste como “perfeita”.

“A partida não muda nossa mentalidade de que as expectativas são máximas para nós. Obviamente que [a vitória] te deixa um saldo positivo, ganhamos da forma como queríamos, mas não significa que ter jogado com um homem a mais desde o primeiro tempo nos ajudou, fomos contundentes e isso é importante”, avaliou o jogador, na zona mista do Mineirão.

O Uruguai abriu o placar aos cinco minutos do primeiro tempo, com um golaço de Lodeiro. Aos 23, o lateral direito Quintero foi expulso, o que tornou as coisas mais difíceis para o Equador. Cavani e Suárez, aos 32 e 43 minutos, ampliaram para o Uruguai antes do intervalo. Mina, contra, fechou o placar na etapa final.

“Também mudou a partida o gol que fizemos nos primeiros minutos e a expulsão fez o jogo ainda mais favorável para nós. Foi uma partida perfeita”, disse o atacante do Barcelona, que despistou quando questionado se a Celeste era a favorita ao título.

“Não. Temos a mesma responsabilidade que tínhamos antes da Copa, com a mesma ilusão, com a mesma vontade de quando começamos o torneio. Este resultado não muda em nada como vamos disputar a Copa”, concluiu.

Com os primeiros três pontos ganhos, o Uruguai assumiu a liderança do Grupo C da Copa América. Pela segunda rodada, o time de Óscar Tabárez enfrenta o Japão, na próxima quinta-feira, às 20 horas (de Brasília), na Arena Grêmio.

Copa América