Substituído, Ganso afirma que ‘calor absurdo’ atrapalhou time do São Paulo

Meia, que se diz diferenciado, afirmou que a temperatura foi a razão para jogo fraco do Tricolor Paulista. Expulsão de Rodrigo Caio também atrapalhou, disse Ganso

Divulgação

A zebra está no ar. E a zebra foi quente, segundo Paulo Henrique Ganso. Após uma noite de futebol fraco do São Paulo, Ganso afirmou que o calor atrapalhou o rendimento do time. O Tricolor foi derrotado de virada por 2 a 1 pelo CRB-AL, pela primeira partida da segunda fase da Copa do Brasil.

– Jogar com um homem a menos é difícil num campo grande desse e num calor absurdo – lamenta Ganso, que foi substituído após a expulsão de Rodrigo Caio.

A temperatura, que estava na casa dos 20º, não era absurda, como Ganso afirma. E o próprio jogador reconhece que o São Paulo precisa melhorar:

– Precisamos melhorar nossas finalizações. Tivemos chance de matar o jogo e não conseguimos.

A partida da volta entre São Paulo e CRB será disputada na fria noite paulistana no dia 7 de maio, na Arena Barueri.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...