Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasileiras avançam às oitavas de final em Jeffreys Bay

Atualizado

Nesta quarta-feira,teve início a sexta etapa do Circuito Mundial de Surfe feminino, disputada em Jeffreys Bay, na África do Sul. Seis baterias marcaram a primeira fase da competição, com destaque para as brasileiras Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, que dividiram as ondas ao lado da norte-americana Caroline Marks, na última sessão do dia.

Quem levou a melhor foi a surfista estadunidense. Caroline Marks não teve um desempenho brilhante, mas foi mais eficiente e, com a somatória de 14.03 (7.0 e 7.3), terminou a bateria na primeira colocação.

A outra vaga nas oitavas de final ficou com Tatiana Weston-Webb, que conseguiu a classificação ao somar 12.37 (6.17 e 6.2). Silvana Lima, por sua vez, ficou com a terceira colocação da bateria, com 11.37 (5.17 e 6.2) de nota, e terá de disputar a repescagem para sobreviver no torneio.

Fitzgibbons também se classifica

Atual líder geral do campeonato, Sally Fitzgibbons também está nas oitavas de final de J-Bay. A australiana ficou com a primeira posição de sua bateria, disputada junto à compatriota Nikki Van Dijk, que ficou em segundo, e a sul-africana Bianca Buitendag, que foi para a repescagem.

Além das quatro surfistas já citadas, também asseguraram a classificação às oitavas: Carissa Moore (HAV), Malia Manuel (HAV), Lakey Peterson (EUA), Courtney Conlogue (EUA), Johanne Defay (FRA), Stephanie Gilmore (AUS), Bronte Macauley (AUS) e Paige Hareb (AUS).

Silvana sobrevive na repescagem

Já na repescagem, Silvana Lima conseguiu se recuperar da derrota na estreia. A brasileira foi muito bem na bateria contra a australiana Keely Andrew e a norte-americana Sage Erickson e, na primeira colocação, com somatória de 14.56, avançou às oitavas de final. Na segunda colocação ficou Andrew, também classificada para a próxima fase.

Na outra bateria, quem avançou foi a costarriquenha Brisa Hennessy e a australiana Macy Callaghan, respectivamente, na primeira e na segunda posições. A eliminada da vez foi a surfista da casa Bianca Buitendag, da África do Sul.

Surfe