Técnico do Bayern afirma que Lewandowski não saí do clube

Lewandowski quer sair, mas Bayern não quer vender (Foto: John MacDougall/AFP)
Lewandowski quer sair, mas Bayern não quer vender (Foto: John MacDougall/AFP)

Lewandowski teria expressado o seu desejo de mudar de ares e deixar o Bayern de Munique. O Real Madrid seria um dos clubes interessado no atacante e um destino que agradaria o polonês. O clube bávaro, porém, não quer se desfazer do seu goleador e o treinador da equipe, Niko Kovac, declarou, nesta segunda-feira, que Lewandowski não vai deixar o Bayern de Munique.

– Ele não vai deixar o clube, posso dizer com segurança que não queremos vendê-lo. É verdade que Lewandowski está tentando mudar de time, mas uma coisa é o que ele gostaria e outra coisa, é o que queremos – disse o treinador alemão à Sky Sports, em Miami, durante a pré-temporada do clube

O interesse do atacante em deixar o clube é antigo. No início de 2018, o agente do atacante, Pina Zahavi, informou ao Real Madrid a vontade do jogador de defender o clube. O presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, é um dos principais nomes dentro do clube bávaro que não tem o interesse de negociar o atacante.

A esperança de Lewandowski seria em relação ao Bayern entender que ele está insatisfeito no clube e quer mudar de ares. Tradicionalmente, o presidente do conselho do clube alemão, o ex-jogador Karl-Heinz Rummenigge, não gosta de manter no elenco jogadores que não tem interesse em permanecer no clube.

– Somos nós que decidimos. Robert tem um contrato, eu não sei até quando, e ele vai cumprir o maior tempo possível – disse o treinador sobre o atacante polonês, que tem contrato com o clube bávaro até 2021

Mais conteúdo sobre

Esporte