Conteúdo por Gazeta Esportiva

Thiago Ribeiro marca no apagar das luzes e Bragantino bate Botafogo-SP

O Bragantino está cada vez mais perto do título da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o Massa Bruta visitou o Botafogo-SP no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP), pela 34ª rodada, e venceu pelo placar de 3 a 2. Edimar, Ricardo Ryller e Thiago Ribeiro marcaram para o Alvinegro de Bragança, enquanto Murilo Henrique e Bruno José fizeram os gols do Tricolor.

Com o resultado, o Braga chega a 68 pontos conquistados, ocupando a liderança isolada da competição nacional. O segundo colocado Sport, que ainda joga na rodada, tem 11 pontos a menos. O Pantera, por sua vez, permanece com 47 pontos no meio da tabela, desperdiçando a chance de se aproximar do G4.

Pela próxima rodada, o Bragantino entra em campo na terça-feira (12), às 21h30 (de Brasília), quando encara o Operário-PR no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR). No dia seguinte, também às 21h30, o Botafogo-SP recebe o Sport no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Thiago Ribeiro marcou nos acréscimos para garantir a vitória alvinegra (Foto: Reprodução/Facebook)

A partida começou cheia de emoções. Logo aos dois minutos, Nadson invadiu a área do Bragantino e bateu cruzado, exigindo grande defesa de Júlio César. Um minuto depois, Vitinho passou para Aderlan, que entrou em velocidade na área e foi derrubado por Luiz Otávio. O árbitro viu a infração e marcou a penalidade máxima. Na cobrança, Edimar chutou rasteiro e converteu, abrindo o placar para os visitantes.

O Massa Bruta ampliou o marcador aos 21 minutos da etapa final. Ricardo Ryller arriscou de longe e mandou rasteiro no canto, sem chances para Darley. Pouco depois, Rafael Costa reclamou com o juiz e acabou levando o cartão vermelho direto, deixando os donos da casa com um jogador a menos. Mesmo com a desvantagem numérica, o Pantera descontou aos 30. Em bela cobrança de falta, Murilo Henrique mandou no ângulo de Júlio César, que nada pôde fazer.

E a equipe de Ribeirão Preto conseguiu chegar ao empate. Aos 46 minutos, Murilo Henrique roubou a bola e achou Bruno José, que tocou na saída do goleiro alvinegro para balançar as redes. Contudo, o Bragantino voltou a marcar dois minutos depois. Thiago Ribeiro pegou a sobra após cobrança de escanteio, finalizou de fora da área e viu a bola bater no travessão antes de entrar e garantir o triunfo do Massa Bruta.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-SP 2 X 3 BRAGANTINO

Local: Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto (SP)

Data: 8 de novembro de 2019 (sexta-feira)

Horário: 19h15 (de Brasília)

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA)

Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (BA)

Cartões amarelos: Pablo, Murilo Henrique, Luiz Otávio (Botafogo-SP); Aderlan, Robinho (Bragantino)

Cartão vermelho: Rafael Costa (Botafogo-SP)

Gols: Murilo Henrique, aos 30 minutos do segundo tempo; Bruno José, aos 46 minutos do segundo tempo (Botafogo-SP); Edimar, aos 4 minutos do primeiro tempo; Ricardo Ryller, aos 21 minutos do segundo tempo; Thiago RIbeiro, aos 48 minutos do segundo tempo (Bragantino)

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo e Marlon Freitas; Felipe Saraiva (Júlio César), Nadson (Bruno José) e Murilo Henrique; Bruno Moraes (Rafael Costa).

Técnico: Hemerson Maria

BRAGANTINO: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Rayan e Edimar; Baralhas, Ricardo Ryller e Pedro Naressi (Bruno Tubarão); Vitinho, Robinho (Thiago Ribeiro) e Roberson (Matheus Peixoto).

Técnico: Antônio Carlos Zago

Futebol