Conteúdo por Gazeta Esportiva

Tiago Nunes ganha apoio dos jogadores do Corinthians em meio a críticas

Tiago Nunes chegou ao Corinthians acompanhado de muita expectativa depois de ganhar dois títulos com o Athletico-PR e, principalmente, mostrar capacidade de vencer com um sistema de jogo ofensivo e de imposição.

Tiago Nunes tem mudado não só a filosofia de jogo, mas também questões estruturais do clube

Desde então, foram apenas três meses de trabalho, suficiente para uma mudança drástica de cenário. A eliminação na Copa Libertadores da América e a campanha fraca no Campeonato Paulista, com apenas duas vitórias, refletiram em pressão sobre o treinador.

As críticas mais veementes partem de setores da imprensa e de uma parcela da torcida. Internamente, a diretoria garante que não pensa em troca neste momento.

Um dos pontos abordados nessa relação e que chama atenção remete ao vestiário. No domingo, Marcelinho Carioca, um dos maiores ídolos da história do clube, chegou a cravar que Tiago Nunes “não tem o vestiário a mão”.

A Gazeta Esportiva apurou a situação e ouviu relatos de descontentamento entre alguns funcionários, não pelo trabalho que está sendo desenvolvido, mas sim por causa de algumas declarações recentes dadas pelo treinador.

Por outro lado, os jogadores estão fechados com Tiago Nunes. A reportagem conversou com alguns membros do elenco e a posição é de apoio total ao técnico e confiança no que tem sido feito. Os relatos são de ciência do momento conturbado, mas a garantia de que o descontentamento não está atrelado ao grupo.

A avaliação é unânime de que só as vitórias serão capazes de apaziguar os ânimos e tirar essa carga ‘externa’ que Tiago Nunes está tendo de suportar.

O Corinthians chegou a um acordo com os atletas para a antecipação das férias, que começam a valer em 1º de abril e terão vencimento em 20 dias. Ainda não há certeza de como a temporada continuará por causa da Covid-19.

Futebol