Conteúdo por Gazeta Esportiva

Tiago Nunes pode deixar o comando do Athletico

Após a derrota para o Avaí na manhã deste domingo, o técnico Tiago Nunes deixou em aberto seu futuro no Athletico Paranaense. Perguntado se estava cansado pela sequência de jogos do Furacão, o treinador foi bastante sincero e revelou estar desgastado.

“Chego muito cansado fisicamente. Mentalmente motivado. Emocionalmente vivendo esse sonho, mas fisicamente extenuado. A vida de treinador é difícil nesse sentido porque com esse calendário maluco você joga demais e tem que estar inteiro. Você concentra, mas não dorme. Descansa de olhos abertos, então não recupera. É o preço que se paga. É a profissão que eu escolhi. Mas chego com muita fé, muito motivado. Aí sim depois do jogo com o Inter a gente vê o que acontece, se eu consigo descansar, se eu pego o boné ou se eu fico”, comentou.

Treinador disse que após o jogo contra o Internacional vai decidir se fica ou sai do clube. (Foto: Reprodução/ Instagram Athletico Paranaense)

Na sequência, foi interrogado sobre a expressão “pegar o boné”, indicando uma possível saída. “Estou cansado pra caramba, fisicamente bem cansado. Papel de treinador do Athletico não se resume a treinar. Tem papel integrado com todas categorias. Trabalho com os demais treinadores, com a diretoria. Por sorte tenho um braço direito, que segura toda a onda, que é o Paulo Miranda. Mas preciso cuidar da saúde, as coisas não estão legais”, disse.

Indicado por muitos torcedores como o maior técnico da história do Furacão, Tiago Nunes é o treinador com mais jogos no comando do clube dos últimos 20 anos. Desde julho de 2018 à frente da equipe rubro-negra, o comandante conquistou o Campeonato Paranaense e a Copa Sul-Americana em 2018, além da Copa Levain em 2019.

Futebol