Conteúdo por Gazeta Esportiva

Timão recupera DNA antes do Derby: “Trabalhamos bem essa identidade”

Depois de um início de Campeonato Brasileiro ruim, o Corinthians começa a dar sinais de que recuperou o DNA que vem sendo desenvolvido no clube desde 2008 com o técnico Mano Menzes. Após mais uma vitória na temporada, Fagner reconheceu que o elenco vem aprimorando essa identidade e evoluindo graças à parada para a Copa América.

“Acho que o fato de ter alguns jogadores experientes dentro do próprio clube ajuda na adaptação, os jogadores que acabaram chegando para entender a grandeza do clube. Isso acaba facilitando. Ao mesmo tempo, procuramos ajudar e deixar todos à vontade para que se se sintam em casa”, disse Fagner.

“O Fábio [Carille] conseguiu trabalhar bem essa identidade na parada da Copa [América], a equipe manteve o bom futebol mesmo com as mudanças, conseguiu os resultados, que foram importantes. Agora é descansar para domingo conseguir mais um bom resultado e subir na tabela”, completou.

Nesta quinta-feira, por exemplo, Cássio, Fagner, Gil, Clayson e Vagner Love foram os únicos titulares presentes na classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. Apesar de optar por um time misto tanto contra o Montevideo Wanderers quanto contra o Fortaleza, no útlimo fim de semana, Carille voltou para casa em ambas oportunidades com a vitória na bagagem.

Contra o Palmeiras, o técnico Fábio Carille deve voltar a colocar força máxima em campo na intenção de atrapalhar o rival na luta pelo título brasileiro. Precisando dos três pontos para se aproximar ainda mais das primeiras colocações na tabela, o Corinthians conta com o fator casa e a evolução recente para levar a melhor sobre o Verdão, que teve dois dias a mais para se preparar para o clássico, já que jogou na terça-feira.

Futebol