Conteúdo por Gazeta Esportiva

Tite ensaia time com Arthur; Militão volta a treinar com a Seleção

Atualizado

A Seleção Brasileira já está em Salvador para o seu segundo compromisso na Copa América. Neste domingo, o o técnico Tite ensaiou o time titular para o confronto com a Venezuela com a presença de Arthur na vaga de Fernandinho. Recuperado de dores no joelho direito, o volante do Barcelona deverá começar jogando. Militão, que deixou o treinamento de sábado mais cedo, trabalhou normalmente.

Arthur foi a única novidade em relação ao time que venceu a Bolívia na estreia. Assim, a tendência é que o Brasil entre em campo na Arena Fonte Nova com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro e Arthur; Richarlison, Coutinho e David Neres; Roberto Firmino.

No último sábado, Militão que agora pertence ao Real Madrid, deixou o treinamento mais cedo alegando dores no quadril. A situação, é claro, preocupou a todos da comissão técnica, entretanto, não foi constatada qualquer lesão mais grave, o que permitiu ao zagueiro voltar a ficar à disposição já no dia seguinte.

Em contrapartida, o goleiro Ederson, que ainda não se recuperou de dores na panturrilha, segue se limitando apenas a trabalhos fisioterápicos. Lucas Arcanjo, do Vitória, completou as atividades na vaga do jogador do Manchester City.

Depois de estrear vencendo a Bolívia por 3 a 0, o Brasil terá pela frente a Venezuela na Arena Fonta Nova. A seleção vinotinto estreou com empate sem gols com o Peru, em Porto Alegre, mas, apesar de não ser uma das equipes mais fortes da América do Sul, vem deixando a Seleção Brasileira em alerta.

Em março deste ano, em amistoso realizado no estádio do Atlético de Madrid, na Espanha, a Venezuela surpreendentemente venceu a Argentina por 3 a 1, com Messi em campo, inclusive. O inesperado resultado aconteceu graças Murillo, Rondón e Josef Martínez, que aproveitaram a profunda crise do futebol argentino para assegurar o triunfo histórico. Lautaro Martínez descontou para a Albiceleste.

Copa América