Conteúdo por Gazeta Esportiva

Titular no último Choque-Rei, Everton Felipe perde espaço no São Paulo

Neste sábado, São Paulo e Palmeiras se reencontram após mais de três meses do último clássico. Válido pelas semifinais do Campeonato Paulista, o confronto traz boas lembranças aos tricolores, que, em pleno Allianz Parque, conseguiram a classificação para a final após disputa de pênaltis.

O jogo também foi especial para Everton Felipe, que, na ocasião, vivia sua maior sequência como titular da equipe do Morumbi desde sua chegada, em julho de 2018. Era o quarto jogo seguido do meio-campista entre os 11 iniciais de Cuca e Vágner Mancini, então técnico interino do Tricolor.

Everton Felipe em ação contra o Palmeiras, nas semifinais do Paulista (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O camisa 18 ainda jogaria mais dois jogos como titular, ambos contra o Corinthians, na finalíssima do Paulistão. Após o vice-campeonato estadual, porém, o jogador de 21 anos de idade nunca mais voltou a ser utilizado na escalação principal do São Paulo e, para piorar, só entrou em campo duas vezes nos últimos três meses.

As duas foram, coincidentemente, nos dois últimos jogos do Tricolor antes da parada para a Copa América. Contra o Avaí, em Florianópolis (SC), Everton Felipe entrou aos 26 minutos do segundo tempo, e contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte (MG), recebeu a oportunidade já no intervalo da partida. Foram suas primeiras aparições desde o início do Campeonato Brasileiro.

Mesmo correspondendo na reta final do Paulista, quando o time sofreu com baixas e desfalques, o meio-campista segue sem se consolidar no Morumbi. Em 18 partidas, não balançou a rede uma vez sequer. E com a chegada de Alexandre Pato, Vitor Bueno, Raniel e o retorno de Pablo do departamento médico, a tendência é que seja ainda menos aproveitado por Cuca.

Todavia, o meia segue com expectativas de ser utilizado neste final de semana. No Morumbi, São Paulo e Palmeiras se enfrentam a partir das 19 horas (de Brasília) deste sábado, em duelo válido pela décima rodada do Brasileirão.

Após quase um mês de treinamentos, o Tricolor tenta reunir forças para se reerguer na temporada e buscar uma arrancada na competição nacional, da qual é o nono colocado, com 14 pontos ganhos, 11 a menos que o rival alviverde.

Futebol