Torcedores do Brusque esbanjam confiança e acreditam na virada rumo a final na Série D

Atualizado

O clima é de festa em Brusque, no Vale do Itajaí. Nesse domingo (4) o município completa 159 anos e, quis o destino, que fosse a data reservada para a semifinal do Campeonato Brasileiro da Série D. Já garantido na Série C em 2020, o Quadricolor mira a taça da competição, mas para isso, precisará reverter uma desvantagem de 2 a 0 construída pelo Ituano-SP, na partida de ida, em Itu (SP).

“Eu acredito!!!” Essa mensagem está em destaque em uma faixa que ocupa a lateral de uma passarela sobre o Rio Itajaí-Mirim, que corta a cidade de Brusque.

Faixa de apoio aos jogadores em uma das passarelas sobre o Rio Itajaí-Mirim – Diogo de Souza/ND

Com as quatro cores do clube, o voto faz referência ao duelo do próximo domingo, a partir das 16h, no estádio Augusto Bauer, diante do Ituano. Apesar da larga vantagem construída pelos paulistas no jogo de ida, no estádio Novelli Júnior, o sentimento que paira sobre a cidade é de otimismo, uma vez que a equipe de Waguinho Dias soma 100% de aproveitamento dentro de casa com uma média superior a três gols por partida.

Há quem trate, na cidade do Vale do Itajaí, o acesso à Série C como o maior feito do jovem clube – de 32 anos de fundação – depois do título estadual de 1992. O sonho, no entanto, é maior. A expectativa é que o representante local consiga reverter o placar adverso para que, assim, consiga uma vaga na grande final da competição.

Na outra semi, disputada entre Jacuipense-BA e Manaus-AM (1 a 1 na ida) qualquer que seja o adversário, o Brusque, consolidando a passagem a grande final, terá o direito de receber o segundo jogo em casa, uma vez que a equipe tem melhor campanha que ambos.

“Eu acho que vai dar uns 3 a 0”, confiou Mauro Azevedo, 14, estudante. O amigo Arthu Hoffmann, 15, foi ainda mais longe: “Pra não ficar igual o dele, eu digo 4 a 0”, sorriu o jovem.

Arthur Hoffmann (9) e Mauro Azevedo foram ao “treino” prestar apoio esbanjando confiança – Diogo de Souza/ND

Ambos estiveram no estádio Augusto Bauer na tarde desta sexta-feira para “ver o treino e apoiar” a equipe, mas em função da chuva, o trabalho foi transferido para o CT do clube que fica em outra região da cidade. Apesar da “frustração”, a confiança se manteve em alta na dupla.

Treino de sábado confirmado

O grupo de jogadores, sob os cuidados de Waguinho Dias, fará o último trabalho antes da final na manhã deste sábado, mais uma vez no CT, a partir das 9h. A atividade será aberta e deve encaminhar o time que vai para o jogo no domingo sem maiores novidades.

Esportes