Trio que esteve na mira do Fla conduz Corinthians ao título do BR-15

Elias, Jadson e Renato Augusto despertaram meses atrás interesse do Rubro-Negro, rival deste domingo. Juntos, são responsáveis por 61,4% dos gols do Timão no Brasileirão

Divulgação

O Corinthians entra em campo na tarde deste domingo, às 17h, contra o Flamengo, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, a equipe de Tite será movida pelo trio de meias Elias, Jadson e Renato Augusto. O motor alvinegro – que hoje poderia ser rubro-negro – é responsável por mais da metade dos gols do Timão na competição.

Levando em consideração gols e assistências, 61,4% das bolas de redes do Corinthians no Brasileirão tiveram participação de um ou dois dos três meias. Juntos, Elias, Jadson e Renato Augusto “fizeram” 35 dos 57 gols do Timão, ajudando (e muito!) a equipe a chegar à marca de melhor ataque do Nacional.

Para efeito de comparação, o trio alvinegro teria, sozinho, o décimo melhor ataque do Brasileirão, à frente, portanto, de dez clubes. Vasco e Coritiba, piores ataques da competição, somam apenas 22 bolas na rede.

– O entrosamento que a gente vem tendo, a dedicação, o compromisso que tivemos desde o começo, o Tite passando orientações… Isso vem surtindo efeito agora. A equipe criou uma cara. Os méritos são todos do Tite, por ter confiado em colocar juntos dois meias de criação – disse Jadson, em entrevista ao LANCE!.

Curiosamente, Jadson, assim como Elias e Renato Augusto, poderia estar hoje do lado oposto. Os três, em diferentes momentos da temporada, estiveram na mira do Flamengo. O primeiro a despertar interesse da diretoria rubro-negra foi o camisa 10, que terminou 2014 como reserva de Renato Augusto e iniciou 2015 como substituto de Lodeiro. Atualmente, o meia é o goleador do Timão no na temporada (54 gols) e vice-artilheiro do Brasileirão (12 gols).

– Era um momento que eu vinha tendo no Corinthians quando eu não estava jogando, no fim do ano passado vinha tendo poucas oportunidades. Então no começo do ano teve essa proposta do Flamengo, mas as coisas não andaram, fui para a Florida Cup, tive uma conversa com o Tite, que pediu para que eu ficasse aqui – explicou.

Em meio a um processo de desmanche enfrentado pelo Corinthians após a eliminação do time na Libertadores, com saídas de Guerrero, Emerson Sheik, Petros e Fábio Santos, o Flamengo mostrou-se interessado por Elias e Renato Augusto. Ambos já tiveram passagens pelo clube carioca.

– Estamos vivendo um bom momento hoje, todo mundo está elogiando, mas acho que os méritos são do Tite. Às vezes poderíamos nós três juntos estar no Flamengo, e outro treinador não colocar dois meias, por exemplo. É meio relativo isso aí. O importante é que o Tite conseguiu entrosar nosso meio de campo – comentou Jadson.

Movendo o Corinthians rumo ao título do Brasileirão, o motor alvinegro será ligado para mais uma rodada. O combustível da vez é carioca, rubro-negro e se chama Flamengo.

CONFIRA ABAIXO UMA ANÁLISE SOBRE O ‘TRIO DE OURO’ DO TIMÃO, FEITA POR JADSON, A PEDIDO DO L!

Sobre Elias
O Elias é um segundo volante que pode sair mais pro jogo, o Tite dá bastante liberdade para ele ser um homem surpresa. Isso ajuda bastante, me ajuda, ajuda o Renato, porque dá assistências, por exemplo. Isso já aconteceu algumas vezes nesse Brasileiro. 

Sobre Renato Augusto
O Renato Augusto joga mais pela esquerda, é um jogador de qualidade para buscar a bola, sai trabalhando. Tem jogado muito bem, não à toa está na Seleção Brasileira. 

Sobre Jadson
O Tite me colocou mais aberto pela direita, mas me dá total liberdade para flutuar pelo meio de campo, então a gente sabe nosso papel na parte tática ali no meio de campo, tanto para atacar quanto para defender, tem ajudado muito o Corinthians.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...