Tubarão demite o técnico Silas após seis jogos sem vitória no Campeonato Catarinense

O técnico Silas não resistiu a mais uma derrota e a consequente lanterna do Campeonato Catarinense 2019 pelo Tubarão. A direção do Peixe decidiu pela demissão do treinador de 53 anos e de seu auxiliar Thiago Campagaro. Pesa contra o ex-comandante do time do Sul do Estado o fato de ainda não ter vencido na competição – foram dois empates e quatro derrotas, a última delas no domingo para o Brusque, por 1 a 0, no estádio Augusto Bauer.

Silas - Tubarão/Divulgação/ND
Treinador Silas não comanda mais o Tubarão- Tubarão/Divulgação/ND

Silas estava no Tubarão desde o fim do ano passado. Ele já treinou clubes grandes do futebol brasileiro e no Estdo fez sucesso à frente do Avaí. Em 2008 comandou o Leão no acesso à Série A do ano seguinte. Na elite o clube terminou em sexto, na melhor campanha de um catarinense na primeira divisão. 

O Peixe ainda não definiu seu novo treinador. Quem assume as atividades de forma interina até esta definição é a comissão técnica permanente do clube, formada por Fernando Gil e Eduardo Schoeler.

O Tubarão volta a campo no próximo domingo (10), às 17h, quando recebe o Avaí, pela sétima rodada do Campeonato Catarinense. 

Mais conteúdo sobre

Futebol