Conteúdo por Gazeta Esportiva

Vagner Love explica gol perdido e defende Carille no Corinthians

O Corinthians sofreu contra o Athletico-PR, mas poderia ter conquistado a vitória de virada se Vagner Love não tivesse desperdiçado uma oportunidade cara a cara com o goleiro Léo, substituto de Santos nesta quinta, no segundo tempo, quando o jogo já estava empatado em 2 a 2.

“Léo tem mérito dele, fechou bem o lado esquerdo, tentei fazer bola cruzada, ele foi rápido. Tive a bola do jogo. Poderíamos ter saído com a vitória, mas infelizmente não aconteceu”, explicou o camisa 9, que também saiu em defesa do técnico da equipe.

“Carille não é o único culpado. Tem leitura de jogo, tenta fazer as mudanças de acordo com o que acompanha, tentou mexer na equipe para mudar o jogo, mas não aconteceu., Nós, jogadores, também somos culpados quando o resultado não acontece”.

Diferente do que vinha acontecendo, Vagner Love foi escalado ao lado de uma referência nesta quinta. Mauro Boselli, assim como no Equador, contra o Independiente del Valle, foi o centroavante titular. Na etapa final, Gustavo entrou na vaga do argentino.

“A gente espera crescer jogando juntos. Boselli é um excelente jogador, tem muita qualidade. No decorrer do primeiro tempo, Fabio viu que estávamos tendo dificuldade na marcação e me puxou um pouco para o lado, sai um pouco do raio de ação para buscar mais ele e fazer mais tabelas. Se tivermos outras oportunidades e Carille quiser, vamos tentar fazer mais jogadas e finalizar mais a gol”, afirmou Love, que agora já pensa no São Paulo, adversário de domingo.

“Jogar no Morumbi é complicado, São Paulo tem qualidade, mudou o treinador há pouco tempo, temos de buscar os três pontos, vai nos dar uma condição de se aproximar dos clubes que estão na nossa frente e distanciar dos demais”.

Futebol