Conteúdo por Gazeta Esportiva

Veja o que mudou no Palmeiras e São Paulo desde o último Choque-Rei no Allianz

Palmeiras e São Paulo voltarão a se enfrentar no Allianz Parque nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais de seis meses depois da fatídica semifinal do Campeonato Paulista, muita coisa mudou em ambas equipes, que atualmente figuram no G4 da competição e possuem dois dos elencos mais estrelados do País.

Desde a eliminação alviverde para os jovens garotos do São Paulo, o elenco do Palmeiras ganhou reforços de peso. Luiz Adriano, Ramires, Vitor Hugo e Henrique Dourado desembarcaram no Palestra Itália sob comando de Luiz Felipe Scolari para agregar ainda mais a um grupo já vencedor.

Por outro lado, Ricardo Goulart, que desperdiçou sua cobrança na disputa de pênaltis contra o São Paulo, na semifinal do Paulistão, se despediu do Palmeiras e voltou para a China. O Guangzhou Evergrande solicitou o retorno do jogador e ainda renovou seu contrato por mais cinco temporadas, ótimo negócio para quem havia acabado de passar por uma cirurgia no joelho direito.

Como se não bastasse, Luiz Felipe Scolari, técnico campeão brasileiro de 2018 com o Palmeiras, acabou sendo desligado do cargo depois das eliminações nas quartas de final da Copa do Brasil, para o Internacional, e Libertadores, para o Grêmio. A derrota para o Flamengo por  3 a 0 em confronto direto pela liderança do Brasileirão foi o estopim para a diretoria demitir o lendário treinador e contratar Mano Menezes.

Pelo lado do São Paulo, muita coisa também mudou. Na semifinal do Paulistão contra o Palmeiras, o time então comandado por Cuca não contava com Daniel Alves, Juanfran, Alexandre Pato, Tchê Tchê, Vitor Bueno, Raniel e Calazans, que passaram a atuar apenas com o início do Campeonato Brasileiro.

Everton Felipe, Willian Farias, Bruno Peres, Nenê, Jucilei e Brenner deixaram o Tricolor neste período. Apenas Jucilei recebeu uma nova oportunidade com a chegada de Fernando Diniz, sendo reintegrado pelo novo treinador são-paulino após ser liberado por Cuca para buscar um outro clube para jogar, sem sucesso.

Por falar em Cuca, o treinador também já não faz mais parte do São Paulo. Sua segunda passagem pelo clube acabou sendo desastrosa e após pouco mais de cinco meses acabou comunicado à diretoria que preferia deixar o Tricolor, dando lugar a um novo profissional.

Agora, com elencos reformulados e novos treinadores, Palmeiras e São Paulo têm tudo para protagonizar um clássico bem melhor do que foi na última vez em que as duas equipes entraram em campo no Allianz Parque.

Futebol