Conteúdo por Gazeta Esportiva

Vidal reclama de árbitro paraguaio após revés contra a Argentina

O Chile acabou derrotado pela Argentina na decisão do terceiro lugar da Copa América. Após o revés por 2 a 1 no Estádio de Itaquera, o meio-campista Arturo Vidal reclamou da arbitragem do paraguaio Mario Diaz de Vivar durante a partida disputada neste sábado.

“Para muito o jogo, não deixa jogar. Ele quer ser o importante e não deveria ser assim. Começa a esquentar o ambiente. Um jogo com dois atletas a menos se complica. Tomara que os árbitros melhorem. Agora, vamos treinar da melhor forma para o que segue”, afirmou Vidal.

No primeiro tempo, com bom a bola ainda rolando, Messi cobrou falta para Aguero abrir o placar e Dybala aumentou. Para completar, o juiz expulsou Medel e Messi após os dois se estranharem. Na etapa complementar, de pênalti, Vidal marcou o gol de honra do Chile.

“Vocês, que estavam vendo de fora, poderiam dar uma opinião melhor, mas, de dentro (do campo), te coloca a perder o espetáculo”, disse o meio-campista, sobre o juiz paraguaio. “Tomara que o espetáculo seja dos jogadores e não dos árbitros”, completou.

Quarto lugar na Copa América, Vidal ainda falou sobre a forma física, já que terminou a partida contra o Peru com dores no tornozelo. “Tratei de jogar, que era o mais importante. Não deixar o grupo. Amo muito minha seleção e não poderia faltar nesse jogo. Agora, tenho muito tempo para me recuperar”, declarou.

Copa América