VÍDEO: Delegação da Chapecoense é recebida com protestos no Oeste de SC

Atualizado

A crise na Chapecoense aumentou após perder de 4 a 1 no Castelão, contra o Ceará, no último sábado (10), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Reflexo disso, a foi recepção do time na noite desse domingo (12), em Chapecó, no Oeste do Estado.

Torcedores estiveram no aeroporto de Chapecó – Willian Ricardo/ND

Cerca de 30 torcedores que estiveram no aeroporto, gritaram palavras como “respeito” e alguns xingamentos. Alguns jogadores, como o zagueiro Maurício Ramos e o goleiro Elias Martello, tentaram conversar com os chapecoenses, mas os ânimos aumentaram.

A delegação foi escoltada pelo pelotão de choque da Polícia Militar e, nenhum incidente foi registrado. Familiares dos atletas também aguardavam a equipe com homenagens ao Dia dos Pais. 

A derrota em campo complicou, ainda mais, a situação da Chapecoense que teve uma semana conturbada, por conta da intenção da diretoria de vender os mandos de campo dos jogos contra o Flamengo e o Corinthians. A ação, conforme o clube, visa ajudar a recuperar o reequilíbrio das finanças. 

A venda ou não será decidida em uma Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo na próxima segunda-feira, dia 19. 

Na manhã de domingo, faixas com palavras de ordens foram fixadas na Arena Condá, por torcedores. 

A Chapecoense está sem vencer desde o dia 26 de maio, ou seja, a quase três meses. Com 10 pontos, o Verdão do Oeste está na 18ª colocação da tabela. 

Atuação:

  • 14 jogos 
  • 02 vitórias 
  • 08 derrotas 
  • 04 empates 

Mais conteúdo sobre

Futebol