Conteúdo por Gazeta Esportiva

Vitor Hugo está a um gol dos 10 maiores zagueiros-artilheiros do Palmeiras

Depois de duas temporadas no futebol italiano, pela Fiorentina, Vitor Hugo se aproxima de um retorno ao Palmeiras. Na sua primeira passagem, além da qualidade defensiva, o zagueiro ficou conhecido pela força na bola aérea de ataque, tendo balançado as redes em 13 oportunidades. Se o retorno se concretizar, o atleta terá a chance de escrever o seu nome entre os dez maiores zagueiros-artilheiros da história do Verdão.

Apenas um gol separa Vitor Hugo dos maiores artilheiros da posição no clube. Quem fecha o “Top 10” atualmente, empatados com 14 gols, são Henrique e Nen. O líder da lista é Luís Pereira, com 35 tentos anotados.

Em 2015, seu primeiro ano de Palmeiras, Vitor Hugo anotou oito gols em 56 partidas. Foram quatro pelo Campeonato Brasileiro, dois pela Copa do Brasil e mais dois pelo Campeonato Paulista. Com esses números, ele entrou entre os principais zagueiros goleadores na primeira temporada pelo Verdão.

No ano seguinte, em 2016, foram mais cinco gols anotados, em 59 jogos – um pelo Paulistão e quatro pelo Campeonato Brasileiro. A última vez em que o zagueiro balançou as redes pelo Alviverde foi em um clássico contra o São Paulo. Em setembro daquele ano, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão, Vitor Hugo marcou o gol que deu a vitória por 2 a 1 no Choque-Rei. Curiosamente o outro gol do Palmeiras na partida foi marcado pelo também zagueiro Mina.

Se realmente acertar a sua volta ao Verdão, Vitor Hugo terá a oportunidade de formar uma dupla de zaga com outro defensor que, além do bom desempenho na defesa, se destaca com gols marcados. Cobrador de pênaltis do atual elenco, o paraguaio Gustavo Gómez já foi às redes em sete oportunidades com a camisa alviverde.

Confira os dez maiores zagueiros-artilheiros da história do Palmeiras:

Luís Pereira – 35 gols

Loschiavo – 31 gols

Vágner Bacharel – 22 gols

Cléber – 21 gols

Bianco Gambini – 19 gols

Daniel – 18 gols

Júnior Baiano e Roque Júnior -16 gols

Henrique e Nen – 14 gols

*Especial para a Gazeta Esportiva

Futebol