Volante celebra acesso do Tupi e quer mais: ‘Foco tem que ser o título’

Após bater na trave com o próprio Tupi em 2014, Filipe Alves comemora vaga na Série B-2016

Divulgação

O Tupi fez história nesta segunda-feira ao bater o ASA por 2 a 1 em Arapiraca – após ter vencido em casa por 2 a 0 – e garantir o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2016. Em sua segunda passagem pelo Galo Carijó, o volante Filipe Alves celebrou e muito com seus companheiros o feito. No ano passado, a equipe de Juiz de Fora tinha batido na trave, sendo eliminado pelo Paysandu nas quartas de final.

– Esse grupo é muito merecedor. Conseguimos uma vantagem boa em Juiz de Fora, mas sabíamos que aqui teríamos de suportar a pressão do ASA, com estádio cheio… Lutamos muito, trabalhamos muito para conseguirmos atingir o objetivo. Nosso time se comportou certinho, não demos espaço para o ASA e conseguimos essa classificação para o povo de Juiz de Fora – comemorou Filipe Alves.

Se no ano passado Filipe Alves não conseguiu ter uma boa sequência na equipe mineira, em 2015 o volante assumiu papel central na proteção à zaga. Dos 20 jogos do Tupi na Série C, Filipe participou de 17, sendo dez como titular. Ele também foi titular nos jogos contra o Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Tupi tem uma das melhores defesas da Série C, com 16 gols sofridos.

Classificado para a Série C, o Tupi comemora o acesso, mas sem deixar de pensar no título. O Galo Carijó vai em busca do troféu, assim como fez quando subiu da Série D para a C, calando uma multidão no Estádio do Arruda e derrotando o Santa Cruz na decisão. O primeiro jogo das semifinais contra o Londrina será já no próximo fim de semana, no Estádio Municipal de Juiz de Fora.

– Conseguimos o objetivo principal que era colocar o Tupi na Série B, vamos comemorar, mas a partir desta quarta-feira o foco tem que ser o título. Temos um grupo ambicioso, que superou muitas dificuldades e já deu mostras do que pode alcançar. Contamos com a força da nossa torcida para tentar mais essa conquista – afirmou o volante, de 24 anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...