Conteúdo por Gazeta Esportiva

Volpi diz que foi atrapalhado, mas não culpa iluminação em gol sofrido pelo São Paulo

O goleiro Tiago Volpi, do São Paulo, endossou a análise do técnico Cuca e disse que a iluminação do Morumbi o atrapalhou no gol do Palmeiras, em clássico que terminou empatado por 1 a 1, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Mas também chamou para si a parcela de responsabilidade pelo resultado que acabou frustrando a torcida tricolor.

“Para mim fica até chato culpar a iluminação. Realmente, ela atrapalha um pouco porque está na direção… A gente foi treinar na sexta-feira à noite e chegamos a conversar se tinha como pelo menos mudar o foco, tirar da direção do gol e direcionar para o outro lado”, disse, em entrevista ao canal Sportv.

“Mas não posso dizer que foi o maior influenciador de eu ter tomado o gol, seria injusto e tirar um pouco a minha responsabilidade do gol e querer botar a culpa na iluminação. Se pudesse ser de outra forma, ajudaria um pouco, mas nesse caso específico não vou jogar a responsabilidade do gol em cima da iluminação”, acrescentou.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, o diretor-executivo de infraestrutura do São Paulo, Eduardo Rebouças, rebateu as críticas de Cuca à iluminação do Morumbi. Disse que o técnico inventou um problema para justificar o empate diante do rival.

O gol do Palmeiras aconteceu aos 25 minutos do segundo tempo. Na ocasião, Dudu recebeu na direita da área e chutou. A bola desviou em Reinaldo, ganhou altura e bateu na trave antes de pegar nas costas de Tiago Volpi e entrar.

“É mais azar, um chute que vinha na minha direção, a bola acaba desviando, tomando uma altura… É difícil explicar porque é um lance muito atípico. Eu posso jogar minha carreira toda e talvez nunca mais vai haver um desvio, a bola vai subir tanto e entrar no lado oposto que eu estava”, lamentou o arqueiro.

Com 15 pontos ganhos, o São Paulo ocupa o nono lugar do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é o duelo com a Chapecoense, na segunda-feira que vem, às 20 horas (de Brasília), no Morumbi, pela 11ª rodada do torneio nacional.

Futebol