Conteúdo por Gazeta Esportiva

Warriors vencem por um ponto em Toronto e forçam jogo 6

Atualizado

Por um ponto, teremos um jogo 6 nas Finais da NBA. Nesta segunda-feira, pelo quinto jogo da série, o Golden State Warriors venceu o Toronto Raptors fora de casa por 106 a 105, com emoção até o último segundo, e levará a decisão novamente para Oakland.

Apesar do grande personagem da noite ser Kevin Durant (11 pontos), que deixou a quadra no segundo quarto por lesão, os Splash Brothers foram os responsáveis por manter Golden State na série. Klay Thompson (26) e Stephen Curry (31) somaram 57 pontos, mais da metade da pontuação da equipe.

“]

Mesmo apagado durante todo o terceiro quarto, no qual marcou apenas um ponto, Kawhi Leonard foi o principal jogador dos Raptors. O Rei do Norte deixou a quadra com 26 pontos, 12 rebotes e seis assistências. Discreto, Marc Gasol também foi essencial para o time ao marcar 17 pontos e pegar oito rebotes.

Agora, a série retorna aos Estados Unidos para seu sexto jogo, que será nesta quinta-feira às 22 horas (de Brasília). Para o Golden State Warriors, é vencer ou ver os Raptors comemorarem em sua casa. Por outro lado, Toronto ainda tem duas chances de vencer, a última delas novamente em Toronto, no domingo.

Durant e Golden State saem na frente

Ao contrário do que se viu na série até então, o jogo 5 começou com grande desempenho dos ataques e pontuação alta. Com o retorno de Kevin Durant após mais de um mês parado, Golden State deu trabalho à sólida defesa de Toronto, abrindo vantagem de 34 a 28.

O grande destaque da primeira parcial foi a dependência de Golden State em seus principais jogadores. Curry, Thompson e Durant marcaram 31 dos 34 pontos do time no primeiro quarto, incluindo os primeiros 24. Pelo Toronto, Kawhi somou seis pontos, três rebotes e três assistências, enquanto Marc Gasol discretamente marcou dez pontos.

Warriors perdem Durant e mantêm vantagem

No segundo quarto, logo no terceiro minuto, Kevin Durant protagonizou a cena que os Warriors mais temiam. Dono de 11 pontos no primeiro quarto, o craque tentou driblar Ibaka, mas sentiu a perna direita e saiu de quadra mancando, sendo substituído por DeMarcus Cousins.

Mesmo sem seu principal jogador, Golden State conseguiu conter os Raptors. As duas equipes marcaram 28 pontos na parcial e foram para o intervalo com placar de 62 a 56 a favor dos Warriors. Substituto de Durant, Cousins deixou seu cartão de visitas com nove rebotes e cinco assistências.

Apesar da diferença de seis pontos, Toronto demonstrou mais volume de jogo ao longo da parcial. O diferencial na partida até então foi o aproveitamento nos arremessos de três pontos: enquanto Curry e Thompson caprichavam para Golden State, os Raptors acertaram apenas duas tentativas, ambas com o pivô Gasol.

Diferença segue a mesma no terceiro

No terceiro quarto, Toronto não conseguiu tirar proveito da ausência de Durant graças a um desempenho apagado de Kawhi Leonard, que marcou apenas um ponto na parcial. Por outro lado, Stephen Curry também esteve muito abaixo, marcando apenas três pontos no quarto.

Com os principais jogadores apagados, a parcial teve pontuação mais baixa, com 22 pontos para cada lado. Mantendo a diferença de seis pontos, os Warriors chegaram ao último quarto vencendo por 84 a 78 e com chances consideráveis de forçar o sexto jogo.

Kawhi reage, mas Toronto perde por um ponto

Depois de mal contribuir no terceiro quarto, Kawhi finalmente apareceu. O ala converteu seus dois primeiros arremessos de três pontos para virar o jogo em 98 a 97, antes de abrir vantagem em 101 a 97. No total, o craque de Toronto somou 12 pontos somente na parcial decisiva.

Porém a recuperação de Kawhi não foi suficiente para decretar o título de Toronto. Após erro de passe cometido por Kyle Lowry, os Warriors voltaram à liderança e venceram o jogo por 106 a 105. Final de jogo decepcionante para o armador, que jogou bem (18 pontos, 4 rebotes, 6 assistências).

TORONTO RAPTORS 105 x 106 GOLDEN STATE WARRIORS

TOR: Leonard, Siakam, Gasol, Danny Green e Lowry

Reservas: VanVleet, Ibaka, Powell, McCaw

Técnico: Nick Nurse

GSW: Iguodala, Durant, Draymond Green, Thompson e Curry

Reservas: Looney, Livingston, Cook, Bogut, Cousins, McKinnie, Bell

Técnico: Steve Kerr

Finais da NBA: Toronto Raptors 3 x 1 Golden State Warriors

Jogo 1: TOR 118 x 109 GSW

Jogo 2: TOR 104 x 109 GSW

Jogo 3: GSW 109 x 123 TOR

Jogo 4: GSW 92 x 105 TOR

Jogo 5: TOR 105 x 106 GSW

Jogo 6: GSW x TOR – quinta-feira, às 22 horas

Mais Esportes