Conteúdo por Gazeta Esportiva

Zé Roberto confirma que deixará Seleção feminina após Tóquio 2020

Atualizado

José Roberto Guimarães está no comando da seleção feminina desde 2003 (Foto: Divulgação/FIVB)

Nesta segunda-feira, José Roberto Guimarães, treinador da Seleção brasileira feminina de vôlei, confirmou que a sua história na equipe, que já dura mais de 16 anos, está prestes a terminar. O experiente comandante declarou que os Jogos Pan-Americanos de Lima será o seu último Pan, e que este é o seu último ciclo olímpico.

“Com certeza será a minha última Olimpíada. Já estou há 16 anos na Seleção feminina. Acho que é a hora de outro técnico tocar esse trabalho. A gente está investindo bem na nossa base. Nós temos uma geração muito boa para 2024 e 2028. Estou muito confiante e acredito que o trabalho vai seguir muito bem feito. A gente tem muitos bons treinadores”, disse o treinador em entrevista ao SporTV.

Zé Roberto não quis dar pistas sobre quem seria o seu sucessor, mas indicou preferência por Paulo Coco, atual auxiliar da Seleção feminina e treinador do Praia Clube.

“Lógico que eu gostaria que o Paulo Coco, que é meu auxiliar, assumisse porque está comigo há muito tempo e ele sabe muito de voleibol. Mas cabe à Confederação Brasileira de Voleibol determinar quem vai ser o próximo técnico”

Além de treinador da Seleção feminina, Zé Roberto é o técnico do São Paulo/Barueri. Na coletiva de apresentação da parceria entre os clubes, o comandante já tinha indicado que estaria perto de encerrar a sua passagem pela Seleção.

Vôlei