Governo deve liberar R$ 1.045 do FGTS na próxima semana

Nos primeiros 30 dias, a quantia só poderá ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem - o mesmo usado para movimentações do auxílio emergencial

O governo federal deve liberar até R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Segundo a MP (Medida Provisória) 946, o saque emergencial deve começar na segunda-feira (15). O valor estará disponível para trabalhadores com saldo em contas ativas ou inativas.

Governo deve liberar R$ 1.045 do GTS – Foto: Pexels/Divulgação

Nos primeiros 30 dias, a quantia só poderá ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem — o mesmo usado para movimentações do auxílio emergencial. Só depois é que será permitido saque ou transferência. O valor ficará disponível até o dia 31 de dezembro.

Leia também:

O valor total do benefício aos trabalhadores chegará a R$ 36 bilhões, conforme o governo. Um calendário de saque e transferência com base no mês de aniversários dos beneficiários deverá ser produzido pela Caixa Econômica Federal. Os detalhes devem ser anunciados na próxima semana.

No entanto, o dinheiro do “novo saque emergencial” do FGTS não estará disponível em espécie a partir de segunda porque não há papel moeda suficiente para todos os saques previstos. Mesmo assim, será possível pagar contas e boletos pelo app Caixa Tem, além de fazer compras em lojas.

Ao todo, são mais de 60 milhões de brasileiros com contas do FGTS, dos quais 20 milhões não têm contas em banco. A medida deverá injetar até R$ 36,2 bilhões na economia. Para 30,7 milhões de cotistas, a liberação fará com que a conta do FGTS fique zerada.