Arrecadação com IPTU pago à vista em Joinville aumentou 1,92% em relação a 2015

O retorno para os cofres públicos do pagamento feito com 10% de desconto foi de R$ 59,609 milhões

Secom/divulgação/ND

Posto de atendimento ao contribuinte, no Centreventos Cau Hansen, vai funcionar até o dia 5 de fevereiro

A arrecadação da Prefeitura de Joinville com o pagamento à vista do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) aumentou 1,92% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2015, R$ 58,485 milhões entraram para os cofres municipais. O valor é referente ao pagamento com o desconto de 10%. Neste ano, o pagamento à vista com esse desconto pôde ser feito até 6 de janeiro e o valor arrecadado, conforme balanço da Secretaria da Fazenda, foi de R$ 59,609 milhões.

Para o secretário da Fazenda, Flávio Martins Alves, haverá um retorno maior de receita a partir da quitação da segunda opção de pagamento à vista, que concede 8% de desconto ao contribuinte e vence no dia 11 de fevereiro. “Fizemos uma projeção positiva nesse próximo vencimento porque muitas pessoas tiveram que priorizar outros pagamentos no começo do ano e como tem essa opção com um bom desconto à vista em fevereiro, muitos contribuintes devem optar por essa vantagem”, avalia.

O posto de atendimento ao contribuinte, no Centreventos Cau Hansen, começou a funcionar no dia 5 de janeiro e permanece disponível até o dia 5 de fevereiro. No local, os contribuintes podem obter informações sobre o pagamento.

Além do pagamento com 10% de desconto à vista, que poderia ser pago até 6 de janeiro, os joinvilenses ainda conseguem realizar o pagamento à vista, com 8% de desconto. Essa modalidade fica disponível até o dia 11 de fevereiro. Já para o pagamento parcelado, a primeira parcela venceu no dia 6 de janeiro, mas os contribuintes podem realizar o pagamento, com acréscimo de multa e juros. O valor pode ser dividido em até dez vezes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Impostos

Loading...