Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Ser dono de uma marina em Floripa é o maior negócio do mundo

Em janeiro e fevereiro, são apenas quatro ou se tiver sorte cinco finais de semana para usar o seu brinquedinho

Ser dono de uma  marina em Floripa é o maior negócio do mundo. Primeiro porque de um ano com mensalidades que vão de R$ 2 mil a R$ 12 mil,  99% só usam suas embarcações nos dois meses do verão, e mesmo assim de quatro finais de semana de cada mês, dois deles chovem,  ventam ou não tem sol,  impossibilitando o passeio.

Foto: Reprodução InternetFoto: Reprodução Internet

Então, em janeiro e fevereiro, são apenas quatro ou se tiver sorte cinco finais de semana para usar o seu brinquedinho. Sem falar na gasolina e no marinheiro.  O resto é lancha parada, mas pago em dia. Sábado foi vento norte com nuvens entre sol. A maioria não saiu.

Hoje, domingo, o vento diminuiu, mas de novo sol entre nuvens, com um baita temporal se armando agora,  na hora de voltar.  E vai ser grande. Menos de 10% arriscaram sair. Por isso se diz que a melhor lancha é a do amigo.