Sistema Ailos investe na transformação digital para acompanhar objetivos de crescimento

Processo inclui mudança no core bancário, migração para nuvem e cultura organizacional voltada à inovação.

Transformação digital – Foto: Getty Images/iStockphoto/NDTransformação digital – Foto: Getty Images/iStockphoto/ND

O Ailos – Sistema de Cooperativas de Crédito, vem incorporando a transformação digital em seus negócios há pelo menos três anos. A ampliação da autonomia do cooperado na gestão da sua vida financeira, por meio dos aplicativos Ailos; o apoio ao empreendedorismo com a facilitação na liberação do crédito ao consumidor para aquisição de bens de consumo e serviços, diretamente no estabelecimento comercial do lojista; o lançamento da ferramenta de marketplace Ailos Aproxima, a chegada do Pix e open banking são algumas das ações que otimizam o dia a dia do cooperado, além de estimular seu desenvolvimento econômico.

Para dar continuidade aos projetos, o planejamento estratégico do Sistema Ailos prevê objetivos ousados, visionando os próximos 10 anos. A previsão é investir R$ 230 milhões ainda em 2021 e mais R$ 140 milhões nos anos seguintes. O investimento envolve toda a parte tecnológica, como a troca do core bancário e jornada para a nuvem. “Além da estratégia de troca do core bancário, inteligência de dados e jornada para nuvem, buscamos ser excelência em integrações e no aprimoramento da cultura e inovação como pilares para o programa de transformação digital. Isso nos dará velocidade e flexibilidade para o crescimento, desenvolvimento de novos produtos e uso de novas tecnologias”, explica Hélio Cordeiro Mariano, diretor de Tecnologia da Central Ailos.

Hoje, o Sistema Ailos possui cerca de 10% da admissão de novos cooperados por meio digital e o objetivo é também aumentar esse índice, chegando a pelo menos 50%. Para isso, melhorias serão feitas nos aplicativos e site, fazendo com que os processos sejam cada vez mais intuitivos, simples e rápidos.

Novo Core Bancário

A proposta para mudança de Core Bancário prevê uma plataforma que atenda às necessidades evolutivas dos negócios, garantindo a ampliação dos serviços digitais, que confira ainda mais agilidade nas operações.

“Buscamos uma ferramenta que mais se adequa ao nosso perfil. É fundamental que o novo core ofereça excelência em integração e tenha flexibilidade tecnológica para atender às nossas demandas de crescimento”, comenta Mariano.

Jornada para a nuvem

A jornada para a nuvem também será um grande passo. Atualmente, o Sistema Ailos atua com dois datacenters na modalidade “colocation” em São Paulo. Neste modelo as estruturas de local, ar-condicionado e energia elétrica contingenciadas são alugadas para colocação dos equipamentos próprios. A ampliação de capacidade deste ambiente é um processo de grande planejamento e precisa ser realizado com até 6 meses de antecedência. A nuvem proporcionará muito mais agilidade e flexibilidade para aumento e até redução de infraestrutura, conforme a demanda, em atendimento aos cooperados. Além disso há também a questão de segurança e alta disponibilidade como diferenciais. “Teremos uma tecnologia com arquitetura flexível e escalável completamente preparada para atender essa mudança e levar uma melhor experiência na jornada do cooperado. A jornada para a nuvem também irá acelerar na transição do core atual para o novo core”, afirma Mariano.

Cultura da inovação

Para acompanhar as propostas de crescimento e avanço da tecnologia, a cultura organizacional terá ações sólidas focadas na inovação e nas pessoas. Iniciativas que já são presentes ganharão força, como Acelera e InPulse e outras serão incorporadas como o Hackaton.

Tanto o Acelera quanto o InPulse são programas de inovação que estimulam o desenvolvimento de soluções simples e inovadoras com resultados que facilitem o dia a dia do cooperado na utilização dos produtos e gestão da sua vida financeira. O Acelera é trabalhado internamente, envolvendo os quase 4 mil colaboradores na busca por melhorias em seus processos diários. O InPulse atua diretamente com startups, com foco na geração de produtos e serviços cada vez mais qualificados e criação novas formas de relacionamento com os cooperados. Já o Hackaton é uma nova proposta que objetiva engajar os participantes a encontrarem soluções para desafios específicos em um prazo otimizado.

Rodrigo Imthurn, superintendente de produtos e negócios, reforça que o alcance de altos objetivos de negócio só é possível quando o time está comprometido e motivado, e o olhar para as pessoas é fundamental neste processo de transformação digital. “Queremos proporcionar as melhores experiências aos nossos profissionais, através de ações que visam a evolução de uma cultura organizacional forte, voltada à inovação. Os princípios cooperativistas sempre serão os norteadores das nossas decisões, e as pessoas são o nosso foco. Vamos intensificar as práticas de inclusão, desenvolvimento e engajamento, porque sabemos que todo o trabalho vai se refletir em uma experiência cada vez melhor aos nossos cooperados”.

Também faz parte de todo esse processo a ampliação do quadro de colaboradores. Para isso, a Central Ailos procura preencher em torno de 300 vagas ainda no primeiro semestre de 2021, entre assistentes, analistas, coordenadores e Ux Designers, com possibilidade de contratação em regime home office, sem a necessidade do candidato residir em Blumenau. As vagas podem ser visualizadas no link Trabalhe Conosco do site da Ailos (ailos.coop.br).

 

Sobre o Ailos

Constituído em 2002, Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1 milhão de cooperados, 1 Cooperativa Central, 13 cooperativas singulares, mais de 200 postos de atendimento e R$ 11 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Finanças Pessoais