Fábio Machado

fabio.machado@ndmais.com.br Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Luto: Antes de ser o ‘dançarino”, Cesinha foi um grande jogador do futebol amador da região

A nova geração conheceu o Cesinha 'dançarino" que animava as festas e os encontros. Porém, muito antes disso, Cesinha foi um dos bons jogadores do futsal e dos campos da nossa região

A nova geração conheceu o Cesinha como o dançarino que agitava as festas e os encontros da cidade. Ele chegava, metia seus passos e rodopios e a turma em sua volta tirava fotos e filmava a sua alegria nos eventos. Logo, seus passos invadia as redes sociais.

Mas, muito antes disso, Mario César Graciosa, o Cesinha, foi um dos bons jogadores do futebol 7, futsal e do futebol amador da nossa região. Disciplinado em campo, costuma atuar como volante e com boa visão tinha como hábito orientar seus companheiros em campo.

Cesinha, o “dançarino” na época de atleta de futebol amador – Foto: Acervo Renato Ávila/NDCesinha, o “dançarino” na época de atleta de futebol amador – Foto: Acervo Renato Ávila/ND

Funcionário aposentado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), Cesinha começou atuando em times do futsal nos famosos torneios do ginásio do SESC (Serviço Social do Comércio) , na prainha, aqui na capital.

Zulmar Quadros, amigo de infância e parceiro de time da Chácara da Rua Moura relembra que ele “era fominha de bola”.  Mas garante, era bom jogador ” canhoto, escondia a bola como ninguém” e completa “era difícil desarmar”. E entrega o seu apelido de infância: “bracinho de ouro”, por causa de uma cicatriz. Zulmar finaliza que ficou muito triste pela sua morte.

No futebol de campo, jogou por várias equipes de Florianópolis e de São José, como o Saldanha da Gama, por exemplo. Este colunista foi seu parceiro no time Amigos da Sexta Futebol 7, na quadra do Joe, no Bairro Nossa Senhora do Rosário por 3 anos, e no futebol da campo do Ipiranga EC, por 4 anos. Leitor diário da coluna,  era assinante do ND, enviava mensagens de incentivos pelo nosso trabalho. Vá em paz, meu craque Cesinha.

Barreiräo, time do Carlinhos Ricci em 1985 no Campo América Barreiros. Em pé: Cesinha (Besc) Ademir, Lucio, Bugio, Valfriso e Carlinhos. Agachados: Tuta, Baga, Jânio, Daniel e Cesinha – Foto: Acerto Renato Americano/NDBarreiräo, time do Carlinhos Ricci em 1985 no Campo América Barreiros. Em pé: Cesinha (Besc) Ademir, Lucio, Bugio, Valfriso e Carlinhos. Agachados: Tuta, Baga, Jânio, Daniel e Cesinha – Foto: Acerto Renato Americano/ND

Clique e veja o quadro do esporte do Jornal SC No Ar, NDTV.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...