Com jogadas de bola parada, Santos faz último treino antes da decisão

Visando furar o bloqueio do Ituano, Oswaldo de Oliveira comandou treino no Pacaembu de portas fechadas, e as jogadas aéreas foram o principal foco da atividade de sábado

Divulgação

O Santos fez seu último treino antes da finalíssima, contra o Ituano, no domingo, às 16 horas, no Pacaembu. A atividade aconteceu na manhã deste sábado, no palco do jogo, com portões fechados. O trabalho “secreto” comandado por Oswaldo de Oliveira foi a bola parada, justamente da maneira que o Ituano teve seu bloqueio furado em seis das vezes no Paulista.

Para reverter a vantagem do primeiro jogo, que terminou em 1 a 0 para o Galo de Itu, o Peixe tem que fazer dois gols de diferença para levar a taça, ou pelo menos um para levar para os pênaltis. Porém, o time do interior não teve sua defesa vazada na fase final do campeonato.

Durante a semana, no CT Rei Pelé, os jogadores não treinaram jogadas ensaiadas ou aéreas na frente da imprensa. Apenas cobranças de pênaltis e coletivo foram vistos duas vezes pelos jornalistas.

Na última entrevista coletiva de Oswaldo antes da partida, ele afirmou estar esperançoso, e tentou passar tranquilidade para o torcedor.

– Eu estou muito confiante porque os jogadores pegaram bem aquilo que a gente procurou passar. Amanhã (sábado) vamos ter a quinta sessão de treinamento para estarmos realmente prontos para o embate de domingo – finalizou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...