Conteúdo por Gazeta Esportiva

Criciúma e Ponte Preta brigam por vaga e prêmio milionário na Copa do Brasil

Duelo entre as equipes acontece no Sul de SC, a partir das 19h; Tigre, em má fase, quer a vitória para encerrar jejum e respirar ares mais calmos em 2021

Disputando vaga para a terceira fase da Copa do Brasil, o Criciúma recebe a Ponte Preta, no Heriberto Hulse, às 19 horas, nesta quinta-feira (8).

Criciúma, do lateral Claudinho, aposta no duelo para seguir vivo na competição e preencher os bolsos – Foto: Divulgação/Criciúma/NDCriciúma, do lateral Claudinho, aposta no duelo para seguir vivo na competição e preencher os bolsos – Foto: Divulgação/Criciúma/ND

A última vez que as duas equipes se enfrentaram neste estádio foi em 2019, pela Série B, em partida que terminou empatada em 0 a 0.

Na primeira rodada da competição, a equipe catarinense empatou sem gols com o Marília, mas se classificou por conta do critério de desempate adotado na fase anterior. Já a Ponte venceu o Gama por 2 a 1.

O Criciúma não chega para o confronto em boa fase. A equipe não vence uma partida há 17 jogos. A última vitória do clube foi em outubro de 2020, contra o Londrina, pela Série C. Hemerson Maria, que começou a temporada como grande aposta, foi desligado e um substituto não foi confirmado.

Por outro lado, a Macaca vem de duas vitórias seguidas, porém, por conta das restrições em São Paulo, na tentativa de impedir o avanço da pandemia de covid-19, o Campeonato Paulista foi paralisado, e a Ponte não entra em campo há mais de três semanas.

Com cerca de R$ 1,2 milhão nos respectivos bolsos, o time que classificar a terceira fase da competição terá o direito de embolsar a bagatela de mais R$ 1,7 milhão.

Confira outro confronto válido pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira:

Vila Nova x Juventude – 21h30

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Futebol Brasileiro