De Manaus a Londrina: Santos vive maratona e só faz ‘escala’ no CT

Antes de enfrentar o Figueirense em Londrina (PR), no domingo, Peixe tem só um dia de preparação após voltar de Manaus, onde jogou a Copa do Brasil no meio da semana

Além de não jogar mais na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro até a Copa do Mundo, a maratona de viagens do Santos nessa semana foi um fator a mais para dificultar o caminho do Peixe. Depois de uma longa viagem para Manaus, onde venceu o Princesa do Solimões-AM por 2 a 1, pela Copa do Brasil, os jogadores voltaram para casa na manhã de sexta-feira e retornarão aos treinos já no sábado pela manhã.

Como se não bastassem esses três dias de cansaço, após a atividade no CT Rei Pelé, os atletas almoçam e vão direto para o aeroporto de Guarulhos, onde pegam o voo para Londrina (PR), onde, no domingo, o Peixe joga contra o Figueirense às 18h30, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O clube catarinense perdeu mandos no fim do ano passado e agora cumpre a pena longe do Orlando Scarpelli.

A volta do grupo do Peixe para São Paulo acontecerá apenas na segunda-feira de manhã. E, ainda no começo desta longa jornada de jogos e viagens, o atacante Gabriel mostrou os sinais de cansaço, principalmente em Manaus, em que o calor, segundo ele, prejudicou a equipe.

– Prejudica sim, o voo atrasou, chegamos de madrugada, calor. Nosso time começou bem, mas tomamos um gol bobo – disse o camisa 7 ainda na saída do gramado da Arena da Amazônia.

Como não conseguiu evitar o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, o Peixe joga na quarta-feira, novamente diante do Princesa do Solimões. Desta vez, para a alegria do grupo de jogadores, na Vila Belmiro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...