Destaque na estreia, Renato lamenta falta de sorte e ganha elogios de Hungaro

Para o volante, autor do gol de empate em 1 a 1 com Resende, na noite deste sábado, em Volta Redonda, destacou que mesmo com pouco entrosamento, Botafogo poderia ter vencido

Divulgação

Com a camisa 10 que era de Seedorf às costas e jogando mais adiantado no meio-campo, Renato foi um dos destaques do empate do Botafogo em 1 a 1, na noite deste sábado, em Volta Redonda, na estreia das equipes no Campeonato Carioca. Apesar da boa participação individual, o jogador lamentou as chances de gol desperdiçadas pelo time na segunda etapa.

– A bola não estava rolando tão bem, mas não é desculpa. A bola pegou na trave duas vezes e o Mauro pegou uma bola minha, agora é trabalhar para o próximo jogo porque sabemos que esse campeonato é complicado – disse Renato, lembrando que por ser formada por jogadores reservas, o Botafogo ainda precisa de mais tempo para apresentar um melhor futebol:

– A equipe esta muito modificada, o entrosamento não é o ideal, mas a equipe correu, não tem o que reclamar.

A boa atuação de Renato não foi surpresa para o técnico Eduardo Hungaro, que fez sua estreia oficial no comando do time principal do Botafogo. O treinador elogiou a atuação do volante atuando mais adiantado.

– Renato fez um ótimo jogo. Ele não foi uma surpresa para mim atuando nesta posição. Além de fazer o gol criou boas jogada – destacou.

O Botafogo volta a jogar na próxima terça-feira, às 19h30, em São Januário, contra o Bangu. Neste domingo os jogadores estão de folga, retornando aos treinos na segunda.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...