Conteúdo por Gazeta Esportiva

Duílio fala em “absurdo” e “papelão” do Al-Hilal em negociação frustrada com Gabriel

Gabriel viajou à Arabia Saudita para jogar pelo Al-Hilal, porém teve que retornar depois de saber que foi preterido por Gustavo Cuéllar, do Flamengo. Em entrevista na zona mista após a vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG, o diretor de futebol Duílio Monteiro condenou a atitude do clube asiático, que chegou a assinar contrato com o volante e desistiu da negociação de última hora.

Além disso, Duílio fez questão de dizer que não há nenhuma chateação com Gabriel por parte do Corinthians. O volante já está reintegrado e deve fazer parte do elenco até o final da temporada.

“O Gabriel está na casa dele, é muito bem-vindo de volta, nem chegou a sair. Vinha fazendo ótimos jogos e estamos felizes com o retorno dele. Chateados só por essa situação. Acho um absurdo um clube do tamanho que é fazer um papelão desse, mas vida que segue”, afirmou o diretor.

Duílio disparou contra clube que havia acertado a contratação de Gabriel (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Não ficamos chateados com ele (Gabriel). O Corinthians recebeu uma proposta oficial, a gente recebeu o contrato assinado por eles. O Gabriel também recebeu uma proposta oficial, no papel. Acabou acontecendo isso, a gente costuma cumprir com palavra. Eles tinham um contrato assinado, o clube não cumpriu. O Gabriel não tem culpa disso”, completou.

A proposta por Gabriel foi de 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões). Apesar do desfecho negativo, Duílio fez questão de descartar a possibilidade de processar o Al-Hilal.

+

Futebol Brasileiro