Elétrico dentro de campo, santista David Braz avisa: ‘Tem que vibrar’

Zagueiro comemorava cada desarme como gol e, ao final do clássico, se dirigiu à torcida do Peixe cobrando que os santistas comparecessem ao jogo da volta, na Vila Belmiro

Um dos melhores jogadores do Santos na vitória sobre o São Paulo, no Morumbi, o zagueiro David Braz, ao final do clássico, foi comemorar o resultado com a torcida vibrando muito e cobrando a presença dos santistas no jogo de volta, na Vila Belmiro. Ainda durante o jogo, a cada desarme, o camisa 14 comemorava como se fosse um gol.

– Tem que vibrar, é meu estilo. Contamos com a sorte também. Procurei vibrar porque é minha característica. Vamos continuar nessa batida. Fui na torcida para pedir que eles lotem a Vila Belmiro – disse o zagueiro santista.

Apesar do entusiasmo, o defensor seguiu a linha de quase todo o elenco alvinegro e garantiu que ainda não tem nada ganho. Para o próximo jogo, na quarta-feira, Braz cobrou atenção redobrada dos santistas e pregou respeito à equipe do rival São Paulo.

– Se fosse só um jogo, estaríamos classificados, mas tem 90 minutos. Espero que a gente faça um grande jogo na Vila para ir à final. Queremos o torcedor lá para nos apoiar, tem 90 minutos ainda. Tem que respeitar os caras – disse.

Na mesma linha de Braz, o meia Marquinhos Gabriel, que desbancou Geuvânio e ainda marcou um gol de cabeça no clássico, vibrou com o jogo coletivo e com a vitória do Peixe, mas também lembrou da próxima partida.

– Ninguém tem a capacidade de jogar sozinho, o grupo está de parabéns, vamos manter os pés no chão. Quarta tem mais 90 minutos – disse o camisa 31.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...