Conteúdo por Gazeta Esportiva

Flamengo anuncia déficit no primeiro semestre de 2020

A pandemia de coronavírus prejudicou todos os clubes do futebol brasileiro. No Flamengo não foi diferente. O clube divulgou o balanço do primeiro semestre e consta um déficit de R$ 26 milhões.

Considerado modelo de gestão, os rubro-negros tiveram superávit de R$ 38 milhões no ano passado. O prejuízo se deu pela queda do faturamento de bilheteria e de direitos de transmissão.

No balanço divulgado, o Flamengo discorre sobre os motivos para os números apresentados.

“Neste ano de 2020 o calendário das competições foi significativamente alterado com suspensão a das competições e proibição de público nos estádios, a partir de março. Diante disso, parte das receitas com direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, da Copa Libertadores da América e da Copa do Brasil deixaram de ser reconhecidas no período, estando as parcelas recebidas registradas como Adiantamento no Balanço Patrimonial”

O prejuízo foi basicamente causado pela paralisação dos jogos pela pandemia de coronavírus. Por conta disso, a diretoria rubro-negra já trabalha para diminuir o déficit no restante da temporada.

Dentro de campo, o elenco segue com os treinos e espera a chegada do técnico Domènec Torrent, anunciado como sucessor de Jorge Jesus. O Flamengo foca na estreia no Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

+

Futebol Brasileiro