Felipão: “Tivemos erros que não cometemos e pagamos caro”

Treinador criticou a atuação da equipe contra o Athletico Paranaense. Entretanto, disse que o time não pode jogar diferente só porque o torcedor quer

O técnico Luiz Felipe Scolari acredita que a atuação do Grêmio, neste domingo, na Arena da Baixada, foi abaixo da média, principalmente no primeiro tempo. Contudo, Felipão defendeu a sequência do trabalho e negou grandes mudanças por um resultado placar adverso. “Temos que ter sequência. Hoje tivemos erros que não temos cometido e pagamos caro”, analisou.

Para o treinador, os erros fizeram com que o time jogasse bem abaixo das últimas partidas - Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPAPara o treinador, os erros fizeram com que o time jogasse bem abaixo das últimas partidas – Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPA

Baixa qualidade no jogo, números altos em perda de bola, falta de atitude e domínio do time paranaense. Estas foram, de acordo com o treinador, os erros e as causas da derrota contra o Furacão. “Faltaram algumas coisas de qualidade para que fizéssemos os gols. Concedemos ao Athletico o que eles queriam, que era jogar em cima da gente. Não agredimos jogamos nas costas do adversário, queríamos sair jogando quando não era o momento.”

Mesmo demonstrando insatisfação com o time e o resultado, Felipão defendeu o trabalho que vem realizando, e negou que o resultado mudará o caminho do time. “Se eu mudar a todo momento se vai bem ou vai mal é porque eu não tenho uma sequência. Eu estou procurando uma sequência normal de partidas em que eu possa estabelecer um critério tranquilo”, explicou.

Segundo Felipão, uma das suas obrigações como treinador é passar aos jogadores como o adversário joga, para que o Tricolor possa dar trabalho e superá-lo. E isso tem funcionado. “Jogamos bem contra Ceará e contra o Flamengo. Hoje o primeiro tempo não foi o primeiro tempo do Grêmio.”

O treinador negou, porém, que a falta de ofensividade ainda seja o problema, e aproveitou para cutucar a torcida. “Não é ser ofensivo, é ser equilibrado. Se ficarmos pensando que temos que fazer porque os torcedores querem vencer de cinco a zero, não funciona. Temos que somar os pontos necessários, ter atuações corretas.”

“Não é o Flamengo o nosso adversário. Nós nos igualamos com algumas equipes porque saímos muito mal (no começo do campeonato). A torcida tem que conviver com isso, os erros, também. Pensando nisso vamos trabalhando cada dia melhor.”, defendeu o treinador.

Mesmo com o fraco desempenho do meio-campo tricolor durante todo o jogo, tanto na parte defensiva como na armação e ataque, Felipão defendeu o esquema com três volantes. “Contra o Flamengo foram três volantes, e foram muito bons. Teremos um dia em que não vai dar certo. E hoje, quando nós colocamos dois volantes e outro meia, conseguimos fazer dois gols, mas tomamos mais dois.”, ressaltou.

Com os erros e a derrota, o Grêmio perdeu a oportunidade de sair da zona de rebaixamento. Agora, com dois jogos em casa contra Sport e Cuiabá, o time tem a chance de deixar o perigo para trás, ainda que temporariamente. “Algumas coisas devem ser corrigidas e provavelmente serão. Não tem nada resolvido. Não é fácil sair da parte de baixo, mas nós temos condições e vamos sair.”

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Grêmio

Loading...