Grêmio vence o Flamengo pelo Brasileirão e fica próximo de deixar a zona de rebaixamento

Borja abriu o placar no final do primeiro tempo e perdeu a chance de ampliar no segundo em pênalti marcado pelo VAR. Tricolor conquista segunda vitória em dois jogos do returno

Diferente dos dois confrontos recentes entre Grêmio e Flamengo, desta vez foi o time carioca quem começou melhor, chegando à área tricolor com velocidade e bastante perigo. No decorrer da primeira etapa, porém, os dois times intercalaram bons momentos, com bons lances de parte a parte.

Borja comemora o gol que deu ao Grêmio uma vitória importantíssima no Brasileirão - Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPABorja comemora o gol que deu ao Grêmio uma vitória importantíssima no Brasileirão – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Por volta dos 35 minutos o domínio do rubro-negro aumentou, e parecia que o gol era questão de tempo. E era mesmo, mas do Grêmio. Aos 47 minutos, em um cruzamento certeiro de Ferreira, Borja cabeceou firme para vencer o goleiro Daniel Alves e abrir o placar para o tricolor gaúcho.

O segundo tempo começou com uma trombada de Gabriel Chapecó com um defensor gremista. Substituído por Brenno, o goleiro foi atendido na ambulância. mas não precisou ser levado ao hospital. Retomado o jogo, as duas equipes seguiram revezando as ações, sem grandes perigos de parte a parte.

O Grêmio chegou até a ser mais eficiente, mas quanto mais o relógio andava, mais cansado o time gaúcho parecia, e maior era o perigo oferecido pelo rubro-negro carioca. No fim, quando o Flamengo era melhor, o VAR chama o árbitro para verificar um toque de mão do zagueiro Léo Pereira dentro da área.

Pênalti marcado e desperdiçado por Borja. Mesmo assim, após 12 minutos de acréscimos, o Tricolor venceu o Flamengo pelo Brasileirão e ficou mais perto de respirar.

GABRIEL CHAPECÓ

No primeiro lance do segundo tempo, o goleiro Gabriel Chapecó saiu do gol para tirar o perigo do lance de soco. Durante o movimento, porém, o goleiro trombou com o companheiro Ruan e caiu. Ele recebeu atendimento médico em campo e chegou a ser levado à ambulância. Felizmente o atendimento foi no estádio, sem necessidade de ser levado ao hospital.

PARA ESCAPAR DO REBAIXAMENTO

Com 22 pontos e 19 jogos, o Grêmio agora precisa do mesmo aproveitamento nos 19 confrontos restantes pelo Brasileirão para garantir matematicamente a sua permanência na Série A do Brasileirão 2022. Até aqui, a pontuação foi alcançada com seis vitórias e quatro empates, o que equivale a sete vitórias e um empate. Para chegar aos 44 pontos, cada vitória a menos significa três empates a mais.

O jogo do primeiro turno do Brasileirão contra o Flamengo é um dos que o Grêmio ainda tem atrasado. Até a segunda rodada do campeonato, o Tricolor não havia marcado ponto. No returno, são seis pontos em duas partidas. Vale ressaltar que o time gaúcho tem dois jogos a menos que os adversários mais próximos.

FLAMENGO 0 X 1 GRÊMIO
Maracanã, 19/09, 20h30min
Flamengo: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Leo Pereira e Renê; Willian Arão, Andreas (Thiago Maia), Everton Ribeiro (Bruno Henrique), Michael (Kennedy) e Vitinho (Pedro); Gabi.
Técnico: Renato Portaluppi.

Grêmio: Gabriel Chapecó (Brenno); Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Cortez); Thiago Santos, Villasanti e Lucas Silva (Sarará), Alisson (Diogo Barbosa), Ferreira (Léo Pereira) e Borja.
Técnico: Felipão.

Gol: Borja (47, 1T).

Cartões amarelos: Borja, Thiago Santos, Vanderson, Sarará (Grêmio), Isla, Bruno Henrique, Rodrigo Caio (Flamengo).

Arbitragem:
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA).
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA).
VAR: Braulio da Silva Machado (SC).

Primeiro tempo:
9min – Gabigol tem a chance na pequena área, mas do lado direito e ele erra em bola;
12min – No rebote de Vitinho, Everton Ribeiro chuta forte, mas por cima do gol de Gabriel Chapecó;
17min – Primeira finalização do Grêmio. Vanderson cruza e Borja faz força para cabecear, para fora;
25min – Bom momento do Grêmio. Ferreira cruza sem ninguém para completar. No rebote, Borja ajeita e Villasanti bate firme para defesa de Daniel Alves;
37min – Vitinho chuta da esquerda e Gabriel Chapecó se estica para impedir a cabeçada de Gabigol;
47min – Ferreira cruza da esquerda Borja sobe e cabeceia para dentro. 1 a 0 Grêmio;

2º tempo:
2min – Ataque do Flamengo, Chapecó sai do gol tromba com o companheiro Ruan. O goleiro recebe atendimento médico e é levado à ambulância. Jogo fica 5 minutos parado;
14min – Borja triangula com Ferreira e bate cruzado para defesa de Diego Alves;
33min – Falta para o Grêmio na intermediária. Vanderson bate mal, por cima;
44min – O juiz determina dez minutos de acréscimos;
45min – Kennedy sobe com velocidade pela direita e obriga Brenno a fazer a defesa;
51min – Após chamada do VAR, árbitro dá pênalti de Léo Pereira em lance de ataque do Grêmio dentro da área;
52min – Borja chuta mal e Diego Alves defende. Mais dois minutos. Fim de jogo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Grêmio

Loading...