Inter empresta um zagueiro e pode perder outro

Direção colorada confirmou a ida do jovem Pedro Henrique para o Sport. E assiste agora ao possível interesse do Atlético de Madrid em Bruno Méndez, cujo vínculo é do Corinthians

O Inter confirmou ontem o empréstimo do zagueiro Pedro Henrique ao Sport até o final do ano. O jogador, inclusive, já se apresentou ao novo clube, seriamente ameaçado de rebaixamento. Em 2021, ele fez apenas cinco jogos pelo Colorado no Brasileirão, o que permite seu aproveitamento pelo Leão da Ilha – se tivesse atuado mais de sete vezes, de acordo com as regras da CBF, não poderia mais ser utilizado na competição desse ano por outra agremiação.

Bruno Méndez vem se consolidando na zaga colorada – Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoBruno Méndez vem se consolidando na zaga colorada – Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Aos 20 anos, Pedro Henrique já tem no currículo dois importantes títulos nacionais: o Brasileiro de Aspirantes e o da Copa São Paulo, ambos obtidos em 2020. O contrato de empréstimo do atleta, cujo vínculo com o Inter só termina ao final de 2024, não prevê valor fixado caso o clube pernambucano queira contratá-lo em definitivo. A direção colorada entende que “novos ares” farão bem ao zagueiro alagoano de 1,87m. Ele chegou a ganhar espaço no time e na reserva com o técnico Miguem Ramírez no final do primeiro semestre. Mas, em um time bastante desajustado, não rendeu bem.

Situação inversa vive o também zagueiro Bruno Méndez, cujo vínculo pertence ao Corinthians. Emprestado até o final do ano, o uruguaio de 21 anos tem mostrado muito mais firmeza do que na equipe paulista. Seu desempenho atual, e a boas participações até 2020 nas seleções de base do Uruguai, motivaram empresários a tentar negociá-lo com clubes da Espanha. Um deles é o Atlético de Madrid, que já havia mostrado interesse quando ele defendia o Corinthians. Na época, o negócio não evoluiu. Mas, com as boas atuações com o Inter, os dirigentes voltaram a observá-lo.

Edenilson e Yuri Alberto (D) brincam com o veterano massagista Paulo Renato, o Banha, no treino desta quinta no Beira-Rio – Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoEdenilson e Yuri Alberto (D) brincam com o veterano massagista Paulo Renato, o Banha, no treino desta quinta no Beira-Rio – Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Os espanhóis ainda procuram substituto para o também uruguaio Godín, que de 2010 a 2019 defendeu o clube e, então, transferiu-se para o futebol italiano. O valor de sua rescisão, estipulado em contrato, é de 6,2 milhões de dólares (cerca de R$ 33 milhões). Se os europeus resolverem pagar o valor, a negociação é com o Corinthians, que então teria de pagar 10% ao Colorado, o chamado direito de “vitrine”. A direção corintiana pagou 3,5 milhões de dólares pelo jogador, cujo contrato termina no final de 2023. É nessas bases que o Inter apostava trazê-lo em definitivo para o Beira-Rio.

Méndez participou normalmente nesta quarta-feira do treino, que contou também com a presença de Galhardo. A direção comunicou ao técnico Diego Aguirre que considera superado o episódio de desavença entre o atacante e o diretor de futebol Paulo Bracks.

O jogador está liberado para ser relacionado para o duelo contra o Santos, domingo, 18h15min, em São Paulo. A luta agora de Galhardo é encontrar lugar na delegação. Além do titular Yuri Alberto, o peruano Paolo Guerrero, atualmente, é o reserva imediato. As chances de Galhardo aparecer no banco aumentam no começo de setembro, quando Guerrero será liberado para a seleção peruana em jogos das Eliminatórias da Copa.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...