Inter para em gramado ruim, empata mais uma e segue fora do G-4

Comprometido pelas chuvas fortes no Recife, campo do Arruda interferiu no jogo entre Internacional e Santa Cruz, que terminou sem gols

 Santa Cruz x Internacional - Pablo Kennedy
Santa Cruz x Internacional – Pablo Kennedy

O Internacional segue colecionando empates. Neste sábado, o Colorado parou no gramado ruim do Arruda, no Recife, e ficou no 0 a 0 com o Santa Cruz, em jogo da oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Inter chega a 13 pontos, mas segue fora do G-4. Com quatro empates em oito jogos, a equipe gaúcha é a quinta colocada, enquanto o Santa Cruz, também com 13 somados, se mantém na quarta colocação. O time coral fica à frente por conta da vantagem no número de vitórias (3 – 4).

Tendo a defesa como o setor mais criticado neste início de campeonato, o Inter apostou em uma formação diferente. Além das modificações já antecipadas por Guto Ferreira, o treinador teve um problema de última hora. Danilo Silva sentiu um desconforto muscular durante o aquecimento, e Klaus foi escalado ao lado de Ernando na zaga. Desta forma, o setor defensivo atuou com quatro dos considerados reservas: Junio, Ernando, Klaus e Uendel.

Durante os primeiros minutos, muitos passes errados e um jogo bastante picotado. O gramado do Arruda, bem castigado, não tinha condições ideais e a dinâmica da partida foi claramente comprometida.

Pelo lado do Inter, apesar de Sasha e Cirino receberem o apoio constante dos laterais, a equipe sofreu para criar, e Nico López acabou isolado na frente. Consequência disso, o primeiro chute a gol só aconteceu aos 24 minutos. Edenílson pegou a sobra na entrada da área, mas mandou por cima do gol. Depois disso, o Santa Cruz também partiu para o ataque. Bruno Paulo recebeu na esquerda, invadiu a área e chutou no canto de Danilo Fernandes, raspando a trave na melhor chance para tirar o zero do marcador no primeiro tempo.

A equipe coral, comandada pelo interino Adriano Teixeira, voltou a ameaçar com Halef Pitbull, que acertou o chute forte de canhota. Danilo se esticou para defender e evitar que o Inter fosse para o intervalo em desvantagem no placar.

Santa Cruz x Internacional

Nico López fez uma partida apagada e foi substituído (Pablo Kennedy)

No segundo tempo, o Inter chegou forte nos minutos iniciais, mas logo o Santa Cruz retomou o ritmo e se mostrou mais perigoso, voltando a exigir boas defesas do goleiro Danilo Fernandes. Sem conseguir armar a partida no meio de campo, nem aproveitar os contra-ataques, ambas as equipes pecaram nas finalizações e ficaram mesmo no empate sem gols.

Na sequência da Segundona, na próxima terça-feira, dia 20, o Internacional recebe o Paraná às 21h30 (de Brasília), no Beira Rio. O Santa Cruz, por sua vez, viaja para enfrentar o América-MG, às 19h15 (de Brasília), no Independência.

FICHA TÉCNICA:
SANTA CRUZ 0 x 0 INTERNACIONAL

Data/hora: 17/6/2017, às 16h30
Local: Estádio do Arruda, Recife (PE)
Árbitro: Rodrigo Alonso Ferreira
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse
Cartões amarelos: Nininho ( Santa Cruz); Ernando e Léo Ortiz (Inter)
Gols:

SANTA CRUZ: Adriano Teixeira começa a partida com Julio Cesar; Nininho, Bruno Silva, Jaime e Roberto; Elicarlos, Thiago Primão (Wellington Cézar, 43’/2ºT) e Léo Lima (Augusto, 21’/2ºT); André Luís (Kelvy 35’/2ºT), Halef Pitbull e Bruno Paulo – Técnico: Adriano Teixeira.

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Junio, Ernando (Léo Ortiz – Intervalo), Klaus e Uendel; Rodrigo Dourado, Carlinhos e Eduardo Sasha (Juan, 34’/2T); Marcelo Cirino e Nico López (Diego, 19’/2ºT) – Técnico: Guto Ferreira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...