Inter espera ter Bruno Méndez para finalizar “minipaulistão” do Brasileiro

Sem o zagueiro, média de gols sofridos pelo Colorado dobrou no Brasileirão.

O técnico Diego Aguirre espera muito poder contar com seu único conterrâneo no time do Internacional para encarar o São Paulo, no próximo domingo, às 17h, no Morumbi. Trata-se do zagueiro Bruno Méndez, que desfalcou a equipe nos últimos quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro, o “minipaulistão” enfrentado pelo clube gaúcho. Os números deixam claro a importância do uruguaio para a zaga.

Zagueiro deve voltar ao time no jogo de domingo no Morumbi – Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoZagueiro deve voltar ao time no jogo de domingo no Morumbi – Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Contra América-MG, Palmeiras, Bragantino e Corinthians, jogos em que Bruno Méndez ficou tentando se recuperar de lesão, o Inter sofreu cinco gols – 1,25 por partida. Nos 14 duelos em que defendeu o Inter como zagueiro, o time levou nove – média de 0,64. Ou seja, o Colorado levou praticamente o dobro de gols quando não contou com o charrua na defesa.

Mercado e Kaíque Rocha, seus substitutos na zaga, não foram mal. Mas não conseguiram fazer parceria tão boa com o argentino Victor Cuesta. Também o entrosamento com os jogadores de meio-campo (sobretudo Lindoso e Dourado) e com os laterais não funcionou tão bem. De estilo bastante simples, Méndez está longe de ser habilidoso na saída de bola. Mas é rápido para preencher espaços e, aparentemente, transmite bastante segurança aos companheiros. Com ele em campo, Cuesta melhora na defesa e ainda acha tempo de ir ao ataque.

MINIPAULISTÃO

A partida contra o tricolor paulista é a última partida do Inter em seu “minipaulistão” pelo Campeonato Brasileiro. Nas outras três, foram dois empates e uma derrota. O técnico Aguirre admite que uma vitória seria o melhor dos ingredientes para o compromisso seguinte, o Gre-Nal, no Beira-Rio, no qual o clube gaúcho tem chance de subir de vez na tabela e ainda dar um duro golpe no rival, que luta contra o rebaixamento.

“Teremos uma semana inteira para treinar, coisa que não vinha ocorrendo esse mês. Será muito bom para o físico e também para a parte mental da equipe”, analisou o técnico, logo após o 2 a 2 contra o Corinthians, na rodada passada. O Timão é o dono dos direitos federativos do atleta, emprestado ao Inter até 31 de dezembro. A direção colorada pretende tentar prorrogar o empréstimo por pelo menos mais um ano.

Bruno Méndez foi capitão da seleção sub-20 do Uruguai em 2019. É a principal aposta do país para manter uma tradição de bons zagueiros. Porém, suas chances nos maiores clubes da Europa são remotas. Com 1,80m, o uruguaio é considerado baixo para a posição, ainda mais para encarar grandalhões que costumam desfilar com a camisa 9 nos gramados de Espanha, Inglaterra, Itália e outros centros.

DESFALQUES

Além de Bruno Méndez, outro reforço tido como certo pela comissão técnica é Saravia. O lateral-direito fez tratamento intensivo e recuperou-se do desconforto muscular que o deixou de fora da partida contra o Timão. O goleiro Daniel segue em tratamento médico devido a uma lesão nas costelas e tem poucas chances de se recuperar em tempo de atuar. E o treinador terá de encontrar substituto para outros dois titulares importantes: Dourado, pelo terceiro cartão amarelo, e Patrick, devido à expulsão, cumprem suspensão automática.

Para substituir o volante, o mais cotado é Johnny. Já para a vaga de Patrick há muitos candidatos. Maurício, Caio Vidal e Boschilia entraram no segundo tempo das partidas mais recentes. O lateral-esquerdo Paulo Victor também já foi, recentemente, aproveitado no setor. Mas, se quiser deixar o time mais agudo no ataque, Aguirre poderá optar por Gustavo Lima, autor do gol nos acréscimos, na rodada passada, que saltou o time da derrota. “Como eu disse, temos uma semana cheia para treinar antes de definir o time que entrará em campo”, despistou Aguirre.

O duelo contra o São Paulo vale pela 29ª rodada do Brasileirão. Com 41 pontos, atualmente o Inter é o sexto colocado. O Corinthians, sétimo com a mesma posição (perde por ter quatro gols de saldo contra 7 dos gaúchos), recebe em casa a lanterna Chapecoense. Ou seja, se não sair do Morumbi com os três pontos, o Colorado tem boa chance de cair na tabela.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Inter

Loading...